PLACAR

Fonseca vence jogo duro na Alemanha e vai à semifinal

Foto: FFT

Saarlouis (Alemanha) – O carioca João Fonseca continua brilhando nas quadras de saibro do M15 de Saarlouis. Nesta sexta-feira, ele venceu um jogo bastante duro com o sírio Hazem Naw, gastando 2h01 para triunfar com o placar final de 7/6 (7-4) e 7/5. Classificado para as semifinais, ele espera pelo vencedor do duelo holandês entre Sander Jong e o quali Lodewijk Weststrate.

Brasileiro mais bem colocado no ranking mundial juvenil, ocupando atualmente o 11º lugar, Fonseca está na 665ª posição na lista profissional da ATP. Ele tem 40 pontos no ranking, tem dois a receber pela campanha feita na semana passada na Bélgica, além dos já feitos nesta semana. O torneio dá 15 pontos na ATP ao campeão, 8 para o vice e 4 para os semifnalistas. Fonseca disputa sua segunda semifinal no circuito e busca a primeira final.

No primeiro set da partida contra Naw, o carioca mostrou sangue frio no momento de aperto. Ele viu o rival conseguir uma quebra no oitavo game e para então sacar em 5/3 para fechar, mas Fonseca conseguiu devolver o break e depois levou a definição para o tiebreak, no qual levou a melhor sobre o sírio e assim marcou 1 a 0 no placar.

Fonseca também teve que se recuperar na segunda parcial, já que começou perdendo os três primeiros games, com duas quebras contra. A primeira delas ele devolveu no quarto game e a segunda no sexto. Mais uma vez, Naw obteve quebra na reta final e sacou para o set em 5/4, mas depois disso só deu o brasileiro, que venceu três games seguidos e selou a vitória.

Fonseca também na final de duplas
Pelo torneio de duplas, João Fonseca chegou à final e tenta conquistar seu primeiro título profissional no circuito, jogando ao lado do suíço Dylan Dietrich. Eles venceram na semifinal o egípcio Amr Elsayed e o georgiano Zura Tkemaladze por 6/3 e 6/4. Os adversários na decisão serão o francês Robin Catry e o suíço Luca Staeheli.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE