PLACAR

Fonseca tem estreia adiada pela chuva, Boscardin vence

Pedro Boscardin (Foto: João Pires/Fotojump)

Surbiton (Reino Unido) – A estreia do carioca João Fonseca no challenger de Surbiton foi adiada pela chuva. O brasileiro de 17 anos enfrentaria o ex-top 20 e atual 496º do mundo Kyle Edmund, que veio do qualificatório, no último jogo da rodada na quadra central, porém o mau tempo na cidade inglesa exigiu que oito das 13 partidas programadas para esta terça-feira fossem remanejadas para o dia seguinte, ainda sem horários definidos.

Sem jogar desde a eliminação na segunda rodada do Masters 1000 de Madri, no final de abril, Fonseca decidiu utilizar o mês de maio para se preparar para a temporada de grama, visando a participação no quali de Wimbledon. Além do torneio em Surbiton, ele disputará mais dois challengers no Reino Unido nas próximas semanas, em Nottingham e Ilkley.

Esta será a 12ª participação de Fonseca em um challenger na carreira (na primeira delas não passou do quali) e a sétima em 2024. Ele acumula 14 vitórias e 11 derrotas neste nível de torneio e tem como melhor resultado o vice-campeonato em Assunção, no Paraguai, em março deste ano. Seu último jogo aconteceu na derrota para o britânico Cameron Norrie, na segunda rodada do Masters 1000 de Madri, no final de abril.

Danielzinho para na estreia no saibro alemão

Ainda na Europa, o paulista Daniel Dutra Silva não manteve o embalo após furar o quali do challenger de Heilbronn, na Alemanha. Enfrentando o espanhol Nikolas Izquierdo, número 258 do ranking, na primeira rodada da chave principal, o experiente canhoto até começou dando trabalho, mas acabou derrotado por 7/6 (8-6) e 6/2.

Mesmo com a eliminação, o brasileiro de 35 anos está somando dez pontos no ranking e dando um salto de 12 posições, saindo do 385º para o 373º lugar, ainda bem abaixo do seu recorde pessoal, que foi o 207º posto obtido em 2022.

Boscardin salva o dia dos brasileiros em Santa Fé

Enquanto isso, no saibro argentino, três tenistas do Brasil entraram em quadra pelo challenger de Santa Fé, mas apenas um saiu vitorioso. Coube ao catarinense Pedro Boscardin o único triunfo nacional nesta terça-feira, ao derrotar de virada o qualificado russo Aleksandr Lobanov, apenas o 987º do ranking, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/1. Ele enfrenta agora o vencedor do duelo entre o norte-americano Ulises Blanch e o boliviano Murkel Dellien, segundo principal favorito da chave.

Por outro lado, o paulista Pedro Sakamoto não confirmou a condição de cabeça 8 e acabou superado pelo argentino Lautaro Midon, 422º, caindo com o placar de 6/2, 4/6 e 7/5. Midon será o próximo adversário do também paulista Nicolas Zanellato, que estreou com vitória de vitória ainda na segunda-feira sobre o peruano Nicolas Alvarez.

Outro brasileiro que conheceu seu rival de segunda rodada foi Matheus Pucinelli, que também no dia anterior cedeu apenas três games para o local Hernan Casanova e agora enfrenta o principal cabeça de chave do torneio. Trata-se do boliviano Hugo Dellien, algoz do carioca Wilson Leite nesta terça-feira, triunfando com um duplo 6/4.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo
Marcelo
18 dias atrás

@Dalcim, uma dúvida, saiu a Entry List de Wimbledon e Fonseca ficou como quinto alternate para o quali. Geralmente esta posição é suficiente para entrar, é comum haver 5 desistências entre os 220 classificados (chave principal + quali)?

Mário Sérgio Cruz
Editor
18 dias atrás
Responder para  Marcelo

Em geral, a posição de 230 do Fonseca costuma ser suficiente para entrar. Mas este ano, teremos 8 tenistas que voltam de lesão e utilizaram o ranking protegido, seis na chave e mais dois no quali. Importante lembrar que, além das desistências, os convites (para britânicos ou jogadores com bons resultados nesta temporada de grama) também farão a lista andar um pouquinho.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
18 dias atrás

Quem sabe a confiança volte para o Boscardin, Sakamoto muito ruim

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE