PLACAR

Fonseca mantém embalo, brilha de novo e vai às quartas

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) – Jóia do tênis brasileiro, o carioca João Fonseca segue brilhando na 10ª edição do Rio Open. Depois de surpreender o francês Arthur Fils na estreia, nesta quinta-feira ele conquistou mais uma grande vitória e se classificou para as quartas de final do torneio ao bater o chileno Cristian Garin em sets diretos, gastando 1h31 para anotar duplo 6/4.

O próximo adversário de Fonseca no ATP 500 carioca será o argentino Mariano Navone, de 22 anos e atual 113 do mundo, que saiu do quali e venceu também duas na chave principal, a última delas contra o alemão Yannick Hanfmann, 56º do ranking, marcando parciais de 6/1 e 6/2 sobre o experiente rival em 1h17 de confronto. Diante de Navone, Fonseca conseguiu uma de suas primeiras vitórias como tenista profissional, no challenger de São Leopoldo em 2022.

A campanha desta semana no saibro do Jockey Club Brasileiro rende até então 100 pontos para Fonseca no ranking, que dará um enorme salto na ATP. O carioca de apenas 17 anos vai sair da atual 655ª colocação para figurar entre os 350 melhores, indo para algo perto do 345º lugar. Ele é disparado o melhor da sua idade na tabela e ficará entre os 12 melhores abaixo dos 20 anos.

Assim como fez em sua estreia na competição, Fonseca foi para cima no começo e se deu bem, confirmou sem sustos o serviço no primeiro game e aproveitou um dos dois break-points que teve em seguida para abrir 2/0. Só que Garin respondeu logo depois, devolveu o break no terceiro game e saiu de 0-40 para confirmar e empatar o jogo por 4/4.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Conseguindo segurar um pouco melhor o ímpeto do promissor brasileiro, Garin anotou mais uma quebra no sétimo e chegou a sacar para fazer 5/3. Agora, foi a vez de Fonseca responder prontamente e devolver o break no oitavo. Ele manteve o bom momento na reta final e anotou nova quebra para fazer 6/4 e largar na frente.

Embora o desempenho com o saque não tenha sido destaque para nenhum dos lados, com 54% de aproveitamento para o jovem carioca e 46% para o chileno, as duplas faltas de Garin acabaram o atrapalhando nos games de serviço, fechando o set com 4 contra apenas 1 de Fonseca.

Na segunda parcial, o jogo seguiu parelho e na mesma toada de antes, com Fonseca sempre mais agressivo, indo para as bolas, e Garin tentando segurar o rival com bolas mais profundas e com topspin. Os dois elevaram o nível de saque para números bem superiores, Fonseca com 75% de aproveitamento e Garin com 74%.

Impecável no saque, Fonseca disparou quatro aces na parcial e não enfrentou break-points, com apenas sete pontos em seus games de serviço. Sempre à frente no placar e contando com o apoio maciço da torcida, o carioca colocava cada vez mais pressão contra o chileno, mas só foi ter uma chance de quebra no último game da partida e definiu o jogo no único match-point.

Mais agressivo em quadra, Fonseca liderou a estatística de winners por 17 a 10 e, naturalmente, também cometeu mais erros não-forçados, 27 contra 20 do chileno. O carioca teve nove break-points no jogo e conseguiu quatro quebras, duas em cada set, sofrendo duas quebras apenas na primeira parcial.

67 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
ARANGOMIE
ARANGOMIE
1 mês atrás

Fantástico! Fantástico!

O futuro é hoje!

Que partida maravilhosa desse garoto.

A torcida ajudou muito a desconcentrar o Garin.

Essa é a importância de termos torneios no Brasil.

Aqui é Brasil porra!!!

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás
Responder para  ARANGOMIE

Fonseca está en 6o. en el ranking sub20 da ATP. Entrando na Race to Jeddah! VAMOS!

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Casagrande

João e 1 juvenil e 1 Sub19. Deve ser top 3 Sub20. Como Wild e Fernandes tem tudo para ser Top20. Fernandes e Wild não aproveitou até agora. Veremos João.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
1 mês atrás
Responder para  Tadeu Schmidt

Dividir um top3 do sub20 com Alcatraz é realmente um assombro!!!
Fantástico esse garoto!!!

Jorge Luiz
1 mês atrás

Sensacional Fonseca, menino de ouro,bora pra cima do argentino

Douglas Rodrigues
Douglas Rodrigues
1 mês atrás

Que Maravilha ve esse Garoto jogar. Ta voando ta maluco. Esquece a Universidade no momento fica no circuito. Pelo Amor de DEUS. Dar alegrias para gente. Imploro kkk. Vamos pra cima do Argentino. Dar pra ganhar em vamos la. Vamos Fonseca Vamos Brasil!

CARLOS DA SILVA SEIXAS LIMA
CARLOS DA SILVA SEIXAS LIMA
1 mês atrás

O melhor entre os brasileiros e com adversário mais fácil. Acho que será o único que passa amanhã. Hoje jogou muito contra um adversário dificil. Ao contrário do Wild , tem uma esquerda que anda muito

Paulo
Paulo
1 mês atrás

Discordo , wild pode vencer o norry amanhã pois tem potencial pra enfrentar qualquer 1 e o monteiro tbm está jogando muito podemos ter 3 nas semis

rafael
rafael
1 mês atrás
Responder para  Paulo

mentalmente e em termos de maturidade emocional o Fonseca é muito superior ao Wild

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Outra boa vitória. Primeira quartas de ATP na carreira. Já está entre os 350 do mundo, e se vencer o Navone nas quartas, via ficar entre os 250 do mundo. Torneio mudando o patamar do garoto.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

Se vencer o Navone já deve garantir uma vaga no QUALI de Roland Garros. Louco isso. Kkk

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

Mais importante q o Qualy em RG e o SE que deve receber em Acapulco. Um passo de cada vez

Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro
1 mês atrás

Que torneio prazeroso de assistir, que tênis apresentado pelo Fonseca, agressividade com consistência e variação. Ao invés de supor a historia que ele possa vir a fazer, o melhor é aplaudir o que já vem conseguindo.
#BrasilianStorm

CHUPA NÊGA!
CHUPA NÊGA!
1 mês atrás

Bamos!

André Borges
André Borges
1 mês atrás

Caraca mas é cada patada no Forehand

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Mano do céu!! Falar o que!?!? Sensacional!!! College??? Off course my horse!!! Rs

rbclima
rbclima
1 mês atrás

whaaaaat? 3 brasileiros nas quartas? \\\o///

Leandro Schulai
Leandro Schulai
1 mês atrás

Que fenômeno!! Estamos vendo o nascimento de uma estrela! Rio Open revelou Alcaraz e agora apresenta ao mundo João Fonseca.

Claro que nós aqui do site ´já o conhecíamos e justamente por conhecer bem o João que fico preocupado. Lembro de um challenger ano passado, ele ganhou JUSTAMENTE do Navone que enfrentará amanhã, depois ganhou do WILD!! E ai o físico foi pro saco e na semifinal, pegando um tenista muito pior, ele definhou.

To com medo dele não aguentar amanhã. De não conseguir a mesma potência nos golpes com esse cansaço todo. Não é fácil jogar todo dia com tenistas tops do ranking com 17 anos.

Torcer demais!

Fernando
Fernando
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

Fica tranquilo, Fonseca ta nos cascos! Desde aquele torneio ele dobrou a massa muscular e amadureceu, como ele proprio admitiu! É seguir descendo a lenha e ir pra cima!

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

O cansaço físico hoje tá bem mais preparado. Pode faltar gás se tivesse jornada dupla mas até a final tem gás. Se vai chegar ao título não sabemos . Agora tudo pode acontecer. Monteiro e Wild estão babando também pra chegar numa semifinal ou título. Todos mostraram que pode. Difícil mesmo aí é o Norris que podemos considerar o melhore.de.todos porém aqui é Brasil porra. Vamos com a torcida levantar esse caneco.kkk

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

Alcaraz ganhou com 15 e era campeão de Slam e 1 com 17. Nadal ganhou com 15. Slam aos 18 e 1 com 22. Djokovic 17, 19 e 23. Menos o Fonseca ganhou EM CASA com 17. Mais fácil compara-lo com Guga. Com ALCARAZ, SINNER, NADAL… Menos bem menos.

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
1 mês atrás

Excepcional. Que potencial o garoto tem. Tomara mesmo que confirme tudo que se espera dele. Seria bom demais acompanhar um brasileiro brigando com os melhores do mundo nos grandes torneios.

Evandro
Evandro
1 mês atrás

A turma de lambe-botas que ainda tem nesse país (vai acabar quando morrerem os atuais) tá sofrendo muito com o desempenho do Brasil no Rio Open. Ô, coitados! kkk
Fonseeeeeeeeeeeeeeeeca!
Fonseeeeeeeeeeeeeeeeca!
Fonseeeeeeeeeeeeeeeeca!

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
1 mês atrás

Mostrou que está acima da média, uma vez que enfrentou um tenistas com no mínimo 3 aspectos acima;
Sul-americana, acostumado com o calor
Saibrista com vários títulos neste piso.
28 anos de idade, corpo todo formado se comparado ao João Carioca que ainda terá de esperar 4 anos para ter sua formação corporal completa.
João, não me lembro de ver um tenista, ainda com sua idade ou mais velho enfiando as bolas nos limites dos 90 graus da quadra.

Tadeu Schmidt
1 mês atrás

Garin vem em Baixa. Com 6 derrotas no Ano. Fils veio pegar mulher. Primeiro grande teste e Hoje. Navone teve q jogar ainda Qualy. Quem teve o maior desafio foi Wild q pegou Tabilo vindo de 4 Títulos e 27 vitórias e 4 derrotas no Ano (será 1 das Américas) e Munar que nesse piso e casca de pescoço.

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

E S P E T A C U L A R J O Ã O ! ! !

Última edição 1 mês atrás by Adalberto
Adalberto
Adalberto
1 mês atrás
Responder para  Adalberto

Tava procurando um spray na mão dele, pois o cara é Exterminador de Haters do Tênis, kk…

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás

O hater tinha lembrado a gente que o Fils tb tinha apenas 19 anos, diminuindo aquela vitoria. Agora vai lembrar a gente que o Garin não é mais aquele campeão de outrora e depois vai pegar qualquer fato para apenas evitar dizer: O Fonseca arrasou. Simplesmente porque ele é incapaz disso.

Rafael Santos
Rafael Santos
1 mês atrás

Só orgulho este garoto.

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás

Fonseca é foda. Aliás, estar patrocinado pelo time do Federer (ON) como a Iga já é sinal de que já viram coisa nele. Demais!

Rogério Monteiro
1 mês atrás

Q sonho maravilhoso q estamos vivendo nesse torneio! não quero acordar nunca mas.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns Fonseca.
Continuar acreditando e com apoio da torcida, da para buscar o título.
Força para a próxima partida.

Ivan
Ivan
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

Gusmão, vc não acha que o Fonseca está queimando etapas? Não seria melhor ele estar jogando uns ITF 15 na Turquia ou Tunísia pra acumular experiência?

Cacio Luiz Crozariolo
Cacio Luiz Crozariolo
1 mês atrás
Responder para  Ivan

Ivan, sei que sua pergunta foi para o Gusmão mas vou dar minha opinião. Acredito que não, ele está ganhando convites, tem que tirar o máximo possível deles. Enquanto houver oportunidade de jogar acima de seu ranking, deve aproveitar. Ele ainda deve ter mais 5 convites de challenger para este face ter terminado como n1 ano passado.

Ivan
Ivan
1 mês atrás
Responder para  Cacio Luiz Crozariolo

Eu fui irônico meu querido rsrs. É que esse é o pensamento do Gusmão, ele defende esse tipo de ideia, o que, obviamente, seria um absurdo no caso do fonseca.

Viktor Ulyanov
Viktor Ulyanov
1 mês atrás

Este garoto é sensacional! Se será um grande jogador no futuro, a gente não sabe, mas que tem qualidade para enfrentar os grandes, isso é fato. Parabéns, João Fonseca!!!

Bricio Cunha Fagundes
Bricio Cunha Fagundes
1 mês atrás

Tô confuso: o que nossos “jogadores de challenger” estão fazendo nas quartas de um ATP500? Alguém me explica? hahaha. Fico pensando o quão amargo tem que ser um ser humano brasileiro que não está curtindo demais esse torneio. Depois não querem ser chamados de haters. Pois que se rasguem de inveja… Eu vivi por muito tempo uma escassez danada de alegrias no tênis brasileiro (no feminino então nem se fala), por isso eu curto muito, saboreio e aprecio cada vitória, cada título, respeito demais os nossos atletas, porque nunca sabemos quanto vai durar. Bora Brasil!!!!

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Bricio Cunha Fagundes

Esse torneio está um show, não é, Brício!!!!!!! D+++++++

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Até contra um cara experiente como o Garin, jogando pau a pau, indo pra cima com confiança e domínio.
Se ele tá querendo ir estudar, se é o que a família vai decidir, então é melhor tirar o pé, senão a coisa vai estar grande demais lá na hora da decisão em alguns meses. Vai ser tanto patrocinador e convites para ótimos torneios que vai ficar difícil. Então, quero mais é que ele continue indo fundo como tem ido para não ter mais volta! Kkkkk

André Aguiar
André Aguiar
1 mês atrás

O João está tão confiante que, inspirado no “patrão” da sua marca de roupa, está até arriscando (e acertando) o SABR, rebatizado logicamente de ASDJ. Sensacional!

Heitor Rodrigues de Figueiredo

Ok

Betinho
Betinho
1 mês atrás

Já está em oitavo na corrida p Jeddah!

Marcos
Marcos
1 mês atrás

Espetacular! Agora um pouco de crítica ao torneio:

1 – Tênis não é futebol, a torcida precisa se comportar melhor;
2 – Por que Los Cabos está muito mais forte entre tenistas bem mais ranqueados, se tratando de um ATP 250 X 500?.

Agora voltando ao João, o moleque joga demais, mas vejo ele muito afobado em vários momentos, nada q não se corrija com o amadurecimento. Vamos para as Semis Joao!!!

Joselito
Joselito
1 mês atrás
Responder para  Marcos

Resposta para 2 – a superfície. Os caras não vão mudar sendo que vão jogar Indian e Miami na sequência.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Marcos

Olha, se comparar com alguns ocorridos em Córdoba e B.A, vejo a torcida BR mto melhor comportada..

Com relação a Los Cabos é o obvio: o piso e a sequência de torneios por lá (Acapulco, IW e Miami).. pra melhorar o apelo dessa gira teriam q obrigatoriamente adiantar um pouco todo esse bloco de torneios em Hard até IW/Miami e deixar essa gira de saibro para imediatamente antes/junto com o começo da grande temporada de saibro europeia..

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Marcos

– Por que Los Cabos está muito mais forte entre tenistas bem mais ranqueados, se tratando de um ATP 250 X 500?.
Se vc levantou essa informação de quantos top 30 e top 50 nós temos e eles têm, por que não trouxe?
Bem provável que esteja equivocado.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Marcos

Se pudessem mudar a data do Brasil Open, talvez fosse melhor. Além de estar espremido entre AO e IW/Miami, de piso duro, é um período que chove demais por aqui.

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Marcos

Esta errado. Até Schwartzman e Escobedo entrou lá. A diferença e q o Torneio não teve tanta zebra quanto o RJ. Ao dar a informação procure se informar. O RJ está com 5 Top10 em Duplas. Os 8+ são cabeça em QQ Slam. Realmente esse ano Acapulco será mais forte. Los Cabos nunca foi nem será

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

O garoto segue enfileirando top 100,se vencer mais uma acredito que o college será esquecido e ele vai mergulhar de vez no profissional,brilha garoto!!!!

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Matheus Ferreira

Se ele vencer mais uma, já sai do Rio Open virtualmente classificado pro Qualy de RG.. sinceramente com esses desempenhos apresentados, eu duvido muito q continuem considerando seriamente essa opção de College..

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Matheus Ferreira

O site da ATP está dando um destaque absurdo para o garoto. Certamente vai chover convites e ofertas de patrocinadores daqui em diante. Acredito que isso vai ofuscar significativamente o brilho do sonho do College…

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Entrará em Acapulco

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Esse moleque tem o biotipo dessa geração que tá surgindo. Longilíneos e atléticos como Arnaldi e Marouszan. Os caras sacam bem, são mega agressivos e são muito rápidos. Tem tudo pra vingar

Joselito
Joselito
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

E o mais interessante é que parece não fazer força para jogar, assim como Sinner. Alcaraz é brilhante, mas faz muita força.

João Gregório de Araújo
João Gregório de Araújo
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

JOÃO FONSECA, JOGANDO É MUITO PARECIDO COM O ITALIANO SINNER EM TODOS OS MOVIMENTOS, SAQUES, ATAQUE, E DEFESA ! É MUITO VERSÁTIL E TEM UM FUTURO IMENSO, NÃO TENHO DÚVIDAS, FINALMENTE ENCONTRAMOS UM SUCESSOR PARA O GRANDE GUGA !

Última edição 1 mês atrás by João Gregório de Araújo
Davi Silva
1 mês atrás

Tomará que o Fonseca esteja bem assessorado e não dê bola oara esse oba oba, que aliás é inevitável devido a nossa carência por idolo no tênis, torço muito por ele, é um garoto muito gente boa

Henrique
Henrique
1 mês atrás

Alaaaaa, eu já sabia! Vamos que tem mais!

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
1 mês atrás

Jóia Fonseca

Paulo Vinícius da Silva Reis
Paulo Vinícius da Silva Reis
1 mês atrás

Esse Rio Open está sendo talvez o melhor para os brasileiros!! Vamos Fonseca! Parabéns Garoto!

Fábio
Fábio
1 mês atrás

MONTEIRÃO DA MASSA !! WILDÃO DA MASSA !!! FONSECÃO DA MASSA!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

André Aguiar
André Aguiar
1 mês atrás

Brilha uma nova estrela!

Última edição 1 mês atrás by André Aguiar
Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
1 mês atrás

De fato foi uma grande vitória de João Fonseca, num jogo bem mais difícil, onde ele teve altos e baixos (como deve ser para um moleque de apenas 17 anos). O público conseguiu desestabilizar o Garin nos momentos importantes. João tem uma maturidade impressionante e um excelente repertório de golpes, a bola dele anda muito. Só acho que as pessoas precisam ter cuidado com o excesso de expectativas e principalmente com essa excessiva pressão desnecessária, exercida em cima dele. Na primeira derrota, (e vai chegar) quero ver quais serão os comentários. A nossa carência de ídolos, principalmente depois de GUGA, nos leva muitas vezes a achar que surgiu um novo mito para substituí-lo. Vamos com calma, vamos deixar o garoto evoluir no tempo dele, É uma grande promessa do nosso tênis, que todos já querem, inadvertidamente, transformar em realidade. Vamos torcer muito hoje a noite contra o argentino NAVONE, mas, se não acontecer, não tem nada que possa desmerecer a caminhada, e o talento dele, muito cedo ainda para vincularmos seu êxito a conquistas de títulos.

JBG
JBG
1 mês atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Verdade. Você parece uma pessoa conservadora e com os pés no chão, sabendo que existem etapas para chegar lá. E não recebeu nenhum like? Claro, nada contra felicidades do momento do garoto e torcida, até eu estou empolgado. Mas quem está eufóricos e como se tivesse pulando carnaval e jogando confetes, receberam um caminhão de likes… Vai entender. João Fonseca e talentoso mesmo… mas. Carência é grande mesmo. Estou aprendendo muito sobre tênis, inclusive já prefiro, Ciclismo UCI Tour as três grandes voltas, Giro de Itália, Tour de France e La Vuelta Espanha, Golfe e Tênis WTA e ATP.

JBG
JBG
1 mês atrás
Responder para  JBG

Quis dizer que prefiro já faz algum tempo esses esportes ao futebol. Sobre João Fonseca, confesso que está num grande momento, mas não largaria os estudos da universidade de jeito nenhum, ainda mais nos EUA, oportunidade de ouro que também tem o tênis Universitário. Conciliar e seguir na carreira com segurança.

Última edição 1 mês atrás by JBG
Tadeu Schmidt
1 mês atrás

Só uma Introdução. 3 nas Quartas em torneio nesse nível nunca ocorreu na História. E a última vez em ATP foi em 2001 (5x na História). 2 não ocorria há 6 anos. E 1 há 1 ano. 3 ou 2 na Semi em torneio nesse nível nunca ocorreu na História. 3 em QQ Semi só em 1987. 2 em Semi desde 2001 em QQ ATP. E 1 desde 2022. 1 Semi nesse nível não ocorre desde 2017. Na Final nunca houve 2 finalistas brasileiros nesse nível. Teve duas finais brasileiras em ATP 1987 e 1992 SP ambas. 1 Finalista não tem desde Wild 2020. 1 Finalista deste nível desde Meligeni 2005. E Título desde Guga 2004. Só 2 tenistas brasileiros ganharam nesse nível. Guga 14x e Koch 1x.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás

Hoje é um dia muito especial para quem gosta de tenis e torce pelo tenis brasileiro . Quartas de ATP 500 com 3 brasileiros em nosso país é inédito. Vencer estes tres duelos seria algo que representaria muito pra nós, aliás estas quartas já representa muito pelo tenis brasileiro.

Dennis Silva
Dennis Silva
1 mês atrás

O Fonseca tem todos os golpes bons. A bola anda muito. Vai ser nosso melhor representante. Se tiver a cabeça no lugar pode ser top. Vamos aguardar

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE