PLACAR

Fonseca leva virada e cai na estreia do quali de Wimbledon

Foto: Daniel Kopatsch/ITF

Londres (Inglaterra) – Disputando pela primeira vez em sua jovem carreira um Grand Slam no circuito profissional, o carioca João Fonseca não conseguiu passar da estreia no qualificatório de Wimbledon. Nesta segunda-feira, o tenista de 17 anos chegou a sair na frente diante do espanhol Alejandro Cañas, de 23 anos e número 189 do mundo, mas acabou levando a virada pelo placar de 4/6, 6/3 e 7/6 (12-10) em 2h34 de partida.

Esta foi a quarta derrota em seis jogos disputados por Fonseca nesta temporada de grama, na qual ele alcançou a segunda rodada nos challengers de Surbiton e Nottingham, e foi eliminado na primeira fase do ATP 500 de Halle, onde entrou como convidado da organização. Como juvenil, o brasileiro havia disputado duas vez a competição no All England Club, vencendo uma partida em 2022 e alcançando as quartas de final na última temporada. João ocupa nesta semana a 211ª colocação no ranking da ATP.

Depois de cair na rodada final do quali em Roland Garros, Cañas por sua vez segue na disputa por uma vaga inédita na chave principal de um Grand Slam e terá na próxima fase um duelo com o italiano Matteo Gigante, 135º colocado no ranking e cabeça 29 da fase prévia do torneio. Ele derrotou na primeira rodada o francês Kyrian Jacquet com parcias de 6/4 e 7/6 (8-6).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Aos 22 anos, Gigante também segue em busca de disputar seu primeiro Slam, após cinco tentativas frustradas de furar o quali, a mais recente delas na última edição de Roland Garros, onde caiu para o paulista Gustavo Heide na rodada final. Em Wimbledon, o italiano também chegou à última fase da etapa classificatória no ano passado, mas acabou perdendo por 3 sets a 0 para o francês Harold Mayot.

O jogo

Apesar do baixo aproveitamento de 59% de acerto do primeiro saque no set inicial, João Fonseca venceu 80% dos pontos com esse fundamento e não teve muito trabalho para confirmar seus games de serviço, exceto por uma disputa com três igualdades no sexto game, mas não ofereceu um único break-point ao adversário na parcial. Por outro lado, o brasileiro pressionou bastante o espanhol, desperdiçou três chances de quebra no quinto game, mas aproveitou uma das duas que teve no nono, fechando na sequência com o saque em seu terceiro set-point.

Na segunda parcial, o nível de acerto do primeiro serviço de João continuou baixo, em 58%, mas desta vez custou uma quebra no sexto game, depois de salvar outro break-point ainda no começo do set. O brasileiro chegou a ter três oportunidades de superar o serviço do rival no terceiro game, mas não aproveitou nenhuma e não incomodou mais Alejandro Cañas, que empatou o jogo e levou a definição para o terceiro set.

Assim como na parcial anterior, novamente Fonseca desperdiçou um break-point no início, ainda no segundo game, e acabou perdendo o serviço na sequência. Em desvantagem no placar, o brasileiro quase sofreu nova quebra no quinto game, precisando salvar dois breaks, mas depois foi para cima e conseguiu se recuperar, empatando o jogo em 4/4. A partir daí, os sacadores prevaleceram e a vaga foi decidida em um tiebreak longo.

Brasileiro salva cinco match-points, mas não evita derrota

João Fonseca saiu atrás no desempate e viu o adversário abrir larga vantagem, chegando a ter 9-5 de frente e quatro match-points. O brasileiro salvou o primeiro no serviço do espanhol e mais dois com o seu próprio saque, diminuindo a diferença para apenas um ponto. Novamente com o saque a favor, Cañas não conseguiu fechar e acabou permitindo o empate em um jogo que parecia perdido para o brasileiro.

Ele chegou a novo match-point com 10-9, mas desta vez no saque de João, que se salvou pela quinta vez. Ainda com o serviço em mãos, o brasileiro tinha a chance de chegar à sua primeira oportunidade de fechar a partida, mas perdeu o ponto e Cañas enfim confirmou a vitória na sequência.

66 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás

Esperava mais

Luiz Neto
Luiz Neto
28 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Não se deve ter tanta expectativa, ele só tem 17 anos, é um adolescente, ficar pressionando o jovem tenista só piora as coisas para ele e o psicológico pode trabalhar contra e prejudicá-lo. Creio que estará melhor no ano que vem, com naturalidade.

Burigoto
Burigoto
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

É isso ai Luiz. Step by step. Tem alguns comentários dos “tecnicos de sofa” aqui que não agregam nada de positivo. Estão no seu direito de analisar na sua ótica.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás
Responder para  Burigoto

Patriota mimimi. Não se pode criticar minimamente que já se doem.

Paulo A.
Paulo A.
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Pressão, no tênis, é privilégio, já disse a B.J. King.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Não acredito que O MEU comentário vá pressioná-lo de alguma forma.
E para mim ele poderia ter 12 anos que não faria diferença. Era favorito não só pela minha opinião, basta ver as casas de aposta, tem muito mais jogo que esse espanhol, Então por mim sem dúvidas, esperava mais.
Ele está melhor o ano que vem é o mínimo que se espera

Luiz Neto
Luiz Neto
28 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

O seu isoladamente não, mas o de um grande contigente de espectadores sim. João Fonseca entrou este ano abaixo do 700 no ranking da ATP, do início do ano até agora já ganhou mais de 500 posições no ranking profissional da ATP, é muita coisa. Para mim foi um sucesso e tanto essa subida tão significativa do jovem e promissor tenista brasileiro.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Concordo, o que ele já fez eh incrível.
Mas isso não apaga que hj ele era favorito, tinha mais jogo que o espanhol e não fez valer, e tá tudo certo, quantos não perdem jogos muito piores? Eu esperava mais. Isso não quer dizer que acho que ruim, sem futuro e blá blá blá.
Agora, tem gente aí que fala dos “técnicos de sofá”. Não se pode criticar minimamente um brasileiros que saem querendo lacrar.

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Também acho que foi um sucesso e tanto, um grande ano para o João Fonseca. Não tem do que se queixar e o ano nem terminou. Mas pressão é do jogo, quando optou pelo profissional ele já sabia. Mas eu vejo que ele tem personalidade para tirar a pressão de letra. Derrotas fazem parte também.

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Essa questão do favoritismo eu não me apego muito não, jogo é jogado e a gente vê muito favorito caindo. Quanto a questão da idade, eu concordo contigo, ele tem 17 mas teve personalidade para optar pelo profissional. Tem que ter personalidade para lidar com a pressão, que faz parte do jogo.

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Com todo respeito, penso um pouco diferente. Se topou o profissional, tem que suportar pressão, cobranças, etc., e saber administrar isso. Ter 17 anos é o momento de crescer, de suportar pressão, é o momento da força. Não é mais criança. Agora, concordo plenamente com a segunda parte do seu comentário de que “estará melhor no ano que vem com naturalidade”. É exatamente isso. Nessa idade vai se ficando forte gradualmente, e jogando, ganhando experiência, etc. Mas a pressão é inevitável. Tem que saber administrar. Daqui pra frente, só aumenta.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Por que o moderador/site não liberou 3 msg minhas como resposta????

Sadi
Sadi
28 dias atrás

Fez uma baita preparação mesmo para jogar na grama, brilhou.. abaixa essa bola e vai jogar challenger em saibro e hard

Luciano Gevaerd
Luciano Gevaerd
28 dias atrás
Responder para  Sadi

17 anos, cara. Melhor do mundo disparado da idade dele. Deixa de ser mala, a experiência foi muito válida.

Ele jogou dois challengers na grama e recebeu um convite pra ATP 500, ia negar o convite? Se joga só challenger, reclamam que não ta se arriscando. Se aceita um convite para um torneio de nível mais alto, acham que está arrogante. Torcedor brasileiro tá insuportável.

Para lembrar a todos, Sinner foi eliminado na R1 do Quali de Wimbledon também por 12×10 no terceiro set aos 17 anos. Olha onde ele tá agora… O processo é demorado, João já pulou várias etapas por causa do talento, mas é inexperiente, vai perder muitas ainda.

Marcelo
Marcelo
28 dias atrás
Responder para  Sadi

Esse é o ponto que tenho dito aqui no site. João tem baita potencial mas não pode pular etapas, a realidade dele hoje em dia é de 200 do mundo, se ficar jogando contra os tops, vai perder muito e se frustrar. Deve ir passo a passo, focar agora em Challengers 75 ou 100 para jogar a semana inteira, chegar nas semi com frequência. Hoje em dia o guri joga 1 partida por semana, se contar desde Madrid não deve chegar nem a 1 jogo por semana de média.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
28 dias atrás
Responder para  Marcelo

Seu adversário de hoje está longe de ser top

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  Marcelo

Caras, ele tem que jogar de tudo. Se ficar só nos torneios “menores”, não cresce. É treinar, treinar, treinar, jogar, treinar, treinar, jogar. Ele tá fazendo certo. Acabou o Slam, parte para torneios menores, treina dobrado, triplicado, e logo vai estar fazendo bonito nos “SLAMS”. Pode anotar aí.

Vanessa
Vanessa
28 dias atrás
Responder para  Marcelo

Sobre a frustração, não acredito muito. Li uma entrevista dele e pelas suas falas o João é bem consciente e pé no chão em relação a sua evolução gradativa. O mental dele é diferenciado, ele sabe exatamente que existe um processo natural e segundo o que disse não pretende pular etapas.

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás

Que pena, tinha recuperado bem no set e no tiebreak, mas jogou muito bem pra um juvenil enfrentando jogador experiente.

Rocky Balboa
Rocky Balboa
28 dias atrás
Responder para  Blumenau

Jogador experiente? O outro cara é um jovem espanhol que nunca ganhou nada e não tem costume de jogar na grama.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
28 dias atrás
Responder para  Rocky Balboa

E ainda tem 23 anos kkkkk
Esses patriotas cegos

Fabricio
Fabricio
28 dias atrás

O João fez de tudo pra perder esse jogo, jogou mal demais !

Bora treinar mais garoto, foque apenas no seu crescimento como jogador, esquece o auê fora da quadra!

Eduardo
Eduardo
28 dias atrás

Fonseca tem grande potencial, mas o hype em cima dele não ajuda na atual fase. É baixar a bola, treinar muito e com o tempo passar a entender como se ganha esses jogos muito parelhos. Era bem favorito nas casas de apostas, mas faltou um pouco pra sair vitorioso.

Eduardo
Eduardo
28 dias atrás
Responder para  Eduardo

Mas a fase não é ruim, primeiro ano jogando profissional e ganhou 500 posições no ranking e feve ganhar mais algumas ate o final do ano. Problema sao as pessoas que ja colocam uma expectativa nele como se ele fosse top 30

Paulo A.
Paulo A.
28 dias atrás

Brochante! E eu já achando que ele iria dar um show na chave principal…rsrs.
Há que se ter paciência – e muita. O tênis é muito complexo e traiçoeiro mesmo.

Aridelson Rue
Aridelson Rue
28 dias atrás

Balde de água fria. Destaque negativo pra esse torneio. Como um grand slam não transmite as partidas do Qualy? Essa temporada de grama deveria acabar torneios muito ultrapassados.

Paulo Mala
Paulo Mala
28 dias atrás
Responder para  Aridelson Rue

Deveria acabar é com o saibro. Djokovic e Zverev lesionaram na terra nos últimos anos, isso para falar de jodadores da elite.
Torneio no saibro do Chile quase lesiona o Fonseca e Wild com buracos na quadra.
Além do que é mais chato essa trocação de bola infinita esperando o erro do adversário. A grama exige muito mais técnica e recursos.

Ramiro Cora
Ramiro Cora
28 dias atrás

pois é… eu avisei contra as desproporcionadas esperanças (esperas com ânsias)…. isso faz mal pra ele e alimenta miragens na torcida.
Ele é simplesmente e com muita honra, um jovem promissor. Ponto…. (e continuar torcendo… mas “vamos com calma que o santo não é de barro”, mas é jovem)

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  Ramiro Cora

Justamente por ser jovem é que tem tudo para ir em frente, conquistar. Não de uma hora para outra, mas a pressão vai acompanhar a vida toda. Isso é fato.

André
André
28 dias atrás

Ruim demais nossa, não tem condições. Mental muito fraco, precisa trocar de técnico urgente e contratar um psicólogo senão vai virar jogador de challenger.

Luciano Gevaerd
Luciano Gevaerd
28 dias atrás
Responder para  André

Só pode ser piada. João é disparado o melhor do mundo da faixa de idade dele, só olhar o ranking. Mental muito fraco? Salvou 5 match points! Tem que entender muito pouco de tênis para falar uma bobagem dessa.

O normal seria ele estar jogando no juvenil ainda. Jogar quali de slam nessa idade só promessas de altíssimo nível conseguem. Sinner com a mesma idade do João em Wimbledon teve o mesmíssimo resultado: caiu na rodada 1 do quali perdendo no terceiro set por 12-10.

Derrotas são normais e esperadas. Ele vai aprender e voltar melhor, faz parte do processo, é um jogador em evolução ainda.

Eduardo
Eduardo
28 dias atrás
Responder para  Luciano Gevaerd

Luciano, é muito promissor, mas não existe isso de disparado o melhor do mundo da faixa de idade. É tudo bem parelho, a competitividade é enorme. O João hj tem o melhor ranking da idade, mas isso é influenciado por wild cards que ele recebeu e outros tenistas ótimos não tiveram o mesmo tratamento. Temos vários tenistas de 17 e 18 anos hj muito competitivos na ATP. Vamos dar tempo ao tempo e baixar as expectativas, o tempo dirá até onde ele poderá chegar.

F.F.
F.F.
28 dias atrás

Choque de realidade na pachecada empolgada que visualizava um top 100 esse ano

Thiago
Thiago
28 dias atrás
Responder para  F.F.

Nessa tenho que concordar. Tinha gente falando que ele fecharia o ano no top 50, com 1000 pontos no ranking. Essa turma viaja demais.

Eduardo
Eduardo
28 dias atrás
Responder para  F.F.

Isso é cedo para dizer, ele tem o segundo semestre todo pela frente. Mas concordo que já cobram resultados dele como se ele fosse um top 100

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
27 dias atrás
Responder para  F.F.

O ano esta na metadee tem muita Agua pra rolar, e falar de pachecada vc ta de brincadeira kkkkkk Ja olhou a fotinho do selvagem hoje.

Fernando Romero
Fernando Romero
28 dias atrás

Não restam duvidas quanto ao potencial do Fonseca. Mas estão colocando o carro na frente dos bois. Isso pode levar ao lugar comum de vários “high potential” no esporte: vão murchando e ficam atletas medianos. Não é preciso citar nomes. É muito oba ôba para um menino de 17 anos. Já estou pensando que a escolha do profissionalismo não foi uma boa. Uma passagem pelo tênis universitário americano talvez fosse a melhor decisão. Mas agora é tarde. Bola pra frente com “menas” expectativas e cobranças e mais pé no chão.

NFdS
NFdS
28 dias atrás

O rapaz é bom, mas estão colocando muita expectativa nele, é ainda muito cedo pra isso. Pode queimar o garoto. Temos que dar uma “esquecida” nele, deixar rodar em torneios menores, sem cobranças.

Renato
Renato
28 dias atrás
Responder para  NFdS

Na verdade a escolha foi dele. Com certeza vai disputar os torneios menores, ganhar rodagem, experiência, mas estando no profissional, tem que saber lidar com a pressão.

PRGF
PRGF
28 dias atrás

Quando a equipe dele anunciou qua abandonaria a gira europeia de saibro para antecipar a preparação na grana…
Eu fui contra… E disse que parecia mais um gosto pessoal que realmente ter desempenho adequado para a grama…

Disse que seria melhor aproveitar o máximo o saibro para pontuar e subir no ranking…
No futuro, com um ranking mais robusto, mataria essa vontade de se divertir na grama.

Quase fui linchado aqui no site… Disseram que ele era excelente em qualquer piso… Que ficar no saibro era covardia…

Não sei se duas vitórias em primeira rodada de challengers sejam os resultados que esperavam… Provavelmente em challengers no saibro teria resultados bem melhores…

Mas tudo é aprendizado… Principalmente para a equipe que monta o calendário… E não repetir esse tipo de erro…
“Busque performar o máximo na sua área de domínio! Depois vá atrás dos bônus!”

Levanta a cabeça Fonseca que tem muito a crescer e conquistar. Futuro brilhante pela frente…

PRGF
PRGF
28 dias atrás
Responder para  PRGF

Ah!!! Não tem nada de errado em perder na sua primeira participação em um grand slam…
Não tira os méritos do que vem fazendo… E fez um jogo equilibrado…

Só acho que a equipe dele montou o calendário de forma equivocada…

Leandro Schulai
Leandro Schulai
28 dias atrás

Achava que o jogo agressivo dele com o bom saque que tem encaixaria demais na grama, mas nitidamente ele está com problemas com foco e concentração.

Agora é voltar, focar, treinar, treinar, treinar e treinar.

Que volte a jogar challengers e suje um pouco a bunda na terra batida

Burigoto
Burigoto
28 dias atrás

Fonseca esta em evolução, agora jogar na grama é importante ter um serviço eficiente. Hoje ele não esteve bem nesse fundamento. Agora é seguir em frete e continuar treinando e ajustando seu saque. Já mostrou que pode ser um grande jogador profissional. Vitórias e derrotas fazem parte do processo para alcançar seu objetivo.

Oscar Riote
Oscar Riote
28 dias atrás

Ah, que saudades do Rio open

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
28 dias atrás

Derrota dolorida demais pro garoto,em um jogo que dava pra vencer,mais ele só tem 17 anos e ganhou experiência no seu primeiro quali de Slam.

Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
28 dias atrás

Totalmente inconstante. Parece um peladeiro. Mas tem tempo para evoluir. Heide acaba de levar virada também, Só restou Meligeni e a Pigossi que ainda não jogou.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
28 dias atrás

Vou copiar e colar o que postei no post passado:

“ A expectativa não é, por si só, uma coisa ruim. Porém, uma expectativa além da conta pode provocar uma pressão difícil de lidar e pode, inclusive, ser algo bastante nocivo. Naturalmente, cada um lida com a pressão de forma única, mas acho complicado fazer essas comparações com um menino de 17 anos. Entendo que o Ralf elogiou o garoto porque Fonseca realmente tem um grande potencial. Agora é torcer que ele saiba digerir muito bem essas expectativas projetadas e que o treinador e a equipe dele sejam excelentes para ajudá-lo a se manter com os pés no chão e trabalhar muito, tal qual ocorre com o Sinner.”

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
28 dias atrás

A grande de maioria dos comentários não merecem nem ser mencionados. A infinidade de técnicos de sofá e ar condicionado, que se preocupa apenas em depreciar um garoto de 17 anos que trabalha muito para buscar o seu espaço. É por essas e outras que o Brasil é um país que não pode ser levado a sério. só tem valor quem ganha sempre, ou seja, ninguém… Siga em frente Fonseca, a experiência de aprender com as derrotas é tão válida quanto. Você tem um futuro brilhante…

Kario
Kario
28 dias atrás

Previsão nostradamica: não teremos nenhum brasileiro na segunda rodada da chave principal. So nas duplas.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
28 dias atrás

Ri demais com os comentários. Realmente o brasileiro está carente de idolos no esporte, só sabem idolatrar Presidentes, o ex (seta pra direita) e o atual (seta pra esquerda). Mas vamos ao que importa. Fonseca está aprendendo , até quando não sei. Principalmente deve melhorar a ansiedade. Se vc está ganhando o game de 40×0 no saque do adversário, tenha calma pro BP, dá uma esfriada , vai duas x na toalha….tem que aprender a fechar game/jogo. Nem tudo vai ser resolvido no seu poderoso saque. STEP by sTEP, acredito que entre diereto no qualy do US OPEN e do AO e vamos para 2025

Carlos Henrique Silva
Carlos Henrique Silva
28 dias atrás

É fraco também….falei aqui, sobra técnica e falta vontade, determinação e confiança para os brasileiros!

Edvaldo
Edvaldo
28 dias atrás

O garoto tem um futuro brilhante no tênis, mas penso que devemos ter calma e não ficar cobrando demais neste momento. Deixar as coisas acontecerem naturalmente. Já chegaram a compará-lo com Sinner. Criam expectativa exageradas que só fazem prejudicar o jogador.

Tomé
Tomé
28 dias atrás

Achei que ele venceria. O adversário era um espanhol, sem grandes resultados na grama. Pode ter faltado físico. Foram 3 derrotas de 3 sets na grama, contra Nakashima, Harris e essa de hoje. Tá na hora de focar no físico e em jogar challengers para ganhar pontos. Se focar dá pra terminar o ano no top 100.

Claudemir
Claudemir
28 dias atrás

Sei não, não consigo engolir esse papo de “é muito novo, só tem 17 anos”. Alcatraz ganhou seu primeiro atp com quantos anos? E o Diorkovic? O Guga era bem novo, quando ganhou Roland Garros.
Pra mim é simples assim; ou o garoto tem talento e isso vai se refletir em títulos, ou não tem talento e vai ser mais um, na multidão.

Marcelo
Marcelo
28 dias atrás
Responder para  Claudemir

O Diorkovic eu não conheço mas o boom do Guga com o título do Chalenger de Curitiba uma semana antes de RG97 foi aos 21. Cobra de novo daqui a 4 anos

Jorge Luiz
Jorge Luiz
28 dias atrás

Frustrante

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
28 dias atrás

Resultado normal, na minha opinião. Já havia comentado antes que o jogo era aberto, sem favoritos. Uma pena a derrota. Fonseca lutou, devolveu quebra no terceiro set, saiu de um 5-9 no match tie break decisivo, mas não deu. Continuar treinando, buscando aprender, manter a humildade e o trabalho duro, que o início é promissor.

Jackson
Jackson
28 dias atrás

A questão é que colocaram ele em um patamar hoje que ele não está e não tem tênis pra isso…Pode ser que no futuro seja um bom jogador…Mas hoje não é…Esses dias vi uma matéria que ele tem um jogo igual do Sinner…Até aonde eu vi está bem longe disso em todos os aspectos

Ana
Ana
28 dias atrás

Pulou a temporada de saibro para focar na grama e…. Não ganhou dois jogos….

André Aguiar
André Aguiar
28 dias atrás
Responder para  Ana

Ganhou dois jogos e perdeu quatro, sendo que não tomou surra em nenhum, pelo contrário. Três por 1×2 e um por 0x2 (duplo 4×6). Saldo de sets: 7-8. Nada mal para um recém-profissional que ainda não completou 18 anos.
Já ultrapassou o número de vitórias na grama obtidas pelo Fernando Meligeni em toda a carreira.

Renato
Renato
28 dias atrás

O cara foi muito bem, perdeu um jogo daqueles que só acrescentam, jogo difícil, lutou e mostrou personalidade. No entanto, apenas um ganha, é o jogo. Eu vejo esse rapaz com muito potencial e acredito que vai longe, vai ganhar SLAMS e tudo mais. Agora é dar uma descansada, traçar o planejamento para sua próxima prioridade. Com certeza estarei na torcida. E no momento, torcer pelos outros brasileiros que estarão na “grama sagrada”.

Neto
Neto
28 dias atrás

É. O circuito é dureza. Tem que ganhar casca.

Hals
Hals
28 dias atrás

Opinião é coisa pessoal, então é demais abstrato. Ninguém sabe ao certo o que se passa na cabeça do João. O que é fato é que ele tem um grande potencial. Eu assisti ele passar o carro no Thiago Wild ,em Floripa , no ano passado. Fiquei bem impressionado com a qualidade. É muito estatístico e isto é matemática, que ele deva crescer bastante nos próximos anos. Razão pela qual vem sendo cobiçado por patrocinadores. e casas de aposta. No entanto, o tênis tem muito de cabeça e este fator será definitivo para o sucesso do João. Eu acredito. Penso que é inegável os resultados que ele alcançou até agora. O tempo vai nos mostrar.

James Garcia
James Garcia
28 dias atrás

Será que na Itália o pessoal também massacrava o Sinner quando ainda era um simples adolescente começando no profissional? Beira o absurdo o nível das cobranças do pessoal aqui em cima do João, nem o Wild ou o Monteiro que já deveriam há tempos estarem entregando resultados são tão exigidos pelos críticos aqui do site igual fazem com o Fonseca, o Monteiro quando perde qualificatório é mais elogiado do que quando vence kkkkkkkkk

Crésio Santana Pimenta
Crésio Santana Pimenta
28 dias atrás

Tem muita pressão e Baba Ovo em cima deste garoto, devagar se não vão levá-lo ao ostracismo.

Luiz Evandro
Luiz Evandro
28 dias atrás

Acho o Fonseca muito promissor, mas para brasileiro se não for número 1, não vale nada. Tem muita gente boa jogando, difícil prever. A Bia já fez história, mas não acho que ela tem potencial de número 1 como ex tenistas falaram. Vão criticar se a Bia e o Fonseca forem número 5 do mundo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE