PLACAR

Em três tiebreaks, Wawrinka leva virada na estreia

Marcos Giron (Foto: Andrey Udartsev / KTF.kz)

Astana (Cazaquistão) – Oitavo favorito no ATP 250 de Astana, o suíço Stan Wawrinka não conseguiu passar da estreia na competição. Nesta quinta-feira, ele travou um duelo disputadíssimo com o norte-americano Marcos Giron, definido em três tiebreaks, e acabou superado de virada, com o placar final de 6/7 (6-8), 7/6 (7-4) e 7/6 (8-6), após 2h47.

A partida foi equilibrada, com os sacadores dominando as ações, tanto que nenhum break-point foi disputado. No primeiro set, Wawrinka fez valer o favoritismo e venceu no tiebreaks, mas nos outros dois desempates quem prevaleceu foi Giron, que assim conseguiu uma suada virada. Ele espera agora pelo vencedor do duelo entre o austríaco Dominic Thiem e o peruano Juan Pablo Varillas.

Já o cabeça de chave 6 Adrian Mannarino fez valer o favoritismo em duelo 100% francês com Arthur Rinderknech, batendo o compatriota com parciais de 7/6 (7-4) e 6/2. Na segunda rodada, ele enfrentará o russo Alibek Kachmazov, que veio do quali e na primeira rodada na chave principal manteve o embalo ao marcar parciais de 6/3 e 7/6 (7-5) sobre o francês Corentin Moutet.

Kachmazov foi um dos quatro qualis que venceram nesta quinta-feira. Outro que avançou na chave foi o australiano Jurij Rodionov, responsável pela eliminação do francês Gregoire Barrere, triunfando de virada com parciais de 2/6, 6/4 e 7/6 (7-5). Ele terá agora pela frente o argentino Sebastian Baez, segundo pré-classificado, que entra adiantado na chave.

O bielorrusso Egor Gerasimov foi mais um tenista saído do classificatório a vencer, batendo o espanhol Bernabe Zapata com o placar final de 7/6 (7-5) e 6/3, para desafiar o tcheco Jiri Lehecka, cabeça de chave número 4, na próxima rodada. Completando a lista, o quali japonês Sho Shimabukuro superou o espanhol Roberto Carballes com parciais de 6/2 e 6/4 e vai encarar o holandês Tallon Griekspoor.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE