PLACAR

Djokovic e Sabalenka são os campeões da ITF em 2023

Foto: Simon Bruty/USTA

Londres (Reino Unido) – A Federação Internacional de Tênis anunciou nesta quinta-feira os campeões mundiais da temporada de 2023. Nas simples masculinas, Novak Djokovic confirmou a condição de número 1 do mundo e ficou com a honraria pelo oitava vez na carreira. Entre as mulheres, Aryna Sabalenka desbancou a líder do ranking Iga Swiatek e faturou o seu primeiro prêmio.

Com mais esta conquista, o sérvio amplia o recorde que já era seu desde o ano passado. Agora ele tem dois títulos de vantagem para Pete Sempras e abre três para os seus maiores rivais, Roger Federer e Rafael Nadal, ambos com cinco na terceira posição. Já no feminino, Steffi Graf foi nomeada em sete oportunidades, enquanto Martina Navratilova e Serena Williams venceram seis vezes cada. Em 2022, a campeã foi Swiatek.

Dono de três títulos de Grand Slam, dois Masters 1000, um ATP 250 e do ATP Finals, Djokovic teve uma temporada memorável e se isolou como o maior campeão de todos os tempos em Slam entre os homens, igualando ainda a australiana Margaret Court com 24 troféus desse quilate. Ele também terminou o ano pela oitava vez como líder do ranking, recorde absoluto no circuito masculino.

“É a coroa da temporada, terminar o ano como número 1 do mundo. Acho que é o sonho de todo tenista. É uma das coisas mais difíceis de fazer no nosso esporte. Ganhar Grand Slam e ser o número 1 do mundo são provavelmente os pontos mais altos do esporte”, disse o sérvio.

Já Sabalenka enfim conquistou seu primeiro título de Grand Slam da carreira. Campeã do Australian Open, ela foi finalista do US Open e chegou às semifinais de Roland Garros e Wimbledon. Após a disputa em Flushing Meadows, ela assumiu a liderança da WTA de forma inédita, permanecendo no posto por oito semanas. Tanto ela quanto Djokovic foram os únicos dois jogadores a chegarem pelo menos até a penúltima fase em todos os Slam de 2023.

“A temporada de 2023 foi incrível para mim e estou muito feliz por ser nomeada campeã mundial da ITF. Desde ganhar meu primeiro título de Grand Slam de simples no Aberto da Austrália até chegar ao primeiro lugar do mundo pela primeira vez, foi um ano incrível. Sou muito grata à minha família, à minha equipe e aos meus fãs pelo apoio em 2023 e mal posso esperar para voltar às quadras para a nova temporada em janeiro”, agradeceu a bielorrussa.

A prestigiada premiação da ITF acontece desde 1978 e reconhece os melhores jogadores da temporada em diversas categorias. Os campeões mundiais são selecionados com base em critérios objetivos, considerando todos os resultados da temporada, com especial ênfase nos torneios de Grand Slam, competições internacionais por equipes da ITF (Copa Davis e BJK Cup) e nas provas de tênis dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos (nos devidos anos em que são realizados).

Confira todos os vencedores da premiação da ITF em 2023

Simples masculino – Novak Djokovic (8)
Simples feminino – Aryna Sabalenka (1)
Duplas masculinas – Rajeev Ram e Joe Salisbury (2)
Duplas femininas – Storm Hunter e Elise Mertens (1)
Simples masculino juvenil – João Fonseca (1)
Simples feminino juvenil – Alina Korneeva (1)
Cadeiras de rodas masculino – Alfie Hewett (1)
Cadeiras de rodas feminino – Diede de Groot (5)
Cadeiras de rodas (Quad) – Niels Vink (2)

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
2 meses atrás

GOAT

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
2 meses atrás

Os grandes gênios dos esportes são tão eficientes que fazem com que os seus feitos pareçam fáceis. Parabéns aos campeões, em especial ao Novak Djokovic que foi escolhido pela oitava vez.

Souza Oliveira
Souza Oliveira
2 meses atrás

Parabéns sérvio baita jogador…. Jamais será. Paz ️

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE