PLACAR

Djokovic cobra ajustes no formato da Copa Davis

Foto: Getty Images for ITF

Málaga (Espanha) – Após o presidente da Federação Internacional de Tênis (ITF) David Haggerty indicar que o formato da Copa Davis não deverá ser alterado nos próximos anos, mesmo com o rompimento com o Grupo Kosmos, o sérvio Novak Djokovic falou sobre o assunto e cobrou pelo menos algumas mudanças, como a ampliação de jogos dentro e fora de casa e também uma maior rotatividade na sede das finais da competição.

“Sei que tem havido muito debate sobre este tema e muitas críticas quando o formato mudou. A nível pessoal, penso que o melhor seria algo entre o antigo e o novo, porque não creio que o atual seja o melhor para todas as nações participantes do Grupo Mundial. O fato de não jogarmos na Sérvia há muitos anos não é bom, não damos ao povo sérvio a oportunidade de nos ver jogar, principalmente os mais jovens. Além disso, acho que o confronto em casa ajuda a Federação”, opinou Djokovic.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Embora admita que não tenha em mente um formato perfeito, ele defende o debate. “Acredito que é importante conversar com os jogadores e com as seleções nacionais, que as decisões não sejam a portas fechadas. Todos deveríamos ter algo a dizer, porque até agora ninguém da ITF nos contatou. Acho que é algo que deveria ser mudado, porque somos parte integrante da competição e podemos fornecer informações muito interessantes”, falou o número 1 do mundo.

“Certamente todos temos opiniões diferentes, mas penso que os jogos em casa e fora de casa tornaram a Copa Davis famosa. Agora, dar a um país a oportunidade de acolher as Finais durante cinco anos consecutivos é um pouco demais. O torneio tem que viajar, é uma competição disputada em nível global. Se vamos ter uma fase final com quatro ou oito times, ela deveria viajar todos os anos e não ficar no mesmo lugar por mais de um ano”, finalizou.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
LuizStipp92
LuizStipp92
3 meses atrás

Mataram a Copa Davis. Ninguém se interessa mais por essa competição!

Joaz
Joaz
3 meses atrás

Enquanto os jogadores apenas falarem e continuarem jogando todos os anos essa competição, p/ os organizadores está tudo bem. Vão tomar alguma medida se houver um esvaziamento em massa dos principais jogadores.

Refaelov
Refaelov
3 meses atrás

Perfeita a avaliação do Djoko, sobretudo ao identificar o principal problema: 5 anos seguidos de finais na Espanha

Caseh
Caseh
3 meses atrás

Eita, mudou tudo aqui no Tênis Brasil!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE