PLACAR

Décamps começa bem, mas leva a virada na decisão

Budapeste (Hungria) – Logo seu primeiro torneio em quase cinco meses, após uma pausa para cuidar da saúde mental, o paulista Gabriel Décamps conseguiu chegar à final, mas acabou ficando com o vice-campeonato do M15 de Budapeste, derrotado de virada pelo britânico Giles Hussey com parciais de 2/6, 6/3 e 6/3, em 2h27 de jogo.

Décamps perdeu os dois primeiros games da partida, mas depois dominou as ações no primeiro set e anotou um ‘pneu moral’, vencendo os seis games seguintes, com três quebras consecutivas. Porém, ele não manteve o embalo no começo da segunda parcial e novamente viu o rival britânico abrir 2/0 no placar.

Cabeça de chave número 2, Hussey administrou a vantagem até o final e ainda anotou nova quebra no sexto e último game. O terceiro set foi definido com uma quebra de diferença apenas. Décamps bateu o saque do rival e chegou a servir em 2/1, mas perdeu dois saques e cinco games seguidos e não se recuperou mais.

Apesar da boa campanha logo na volta, o paulista de 24 anos e atual 615 do mundo deverá amargar uma queda no ranking. Por enquanto é projetado que ele perca 51 posições na lista da ATP que será divulgada após o US Open, indo para o 666º lugar. Décamps chegou a ser o 262º do mundo um ano atrás, sua melhor marca até então.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE