PLACAR

De Minaur mantém escrita e volta a bater Murray

Foto: China Open

Pequim (China) – Não foi desta vez que o britânico Andy Murray conseguiu vencer Alex de Minaur pela primeira vez. Em duelo válido pela primeira rodada do ATP 500 de Pequim, o australiano voltou a prevalecer e derrotou o ex-número 1 do mundo pela quinta vez, precisando de 2h51 para superar batalha de três sets, definida com o placar final de 6/3, 5/7 e 7/6 (8-6).

Depois de manter sua invencibilidade contra Murray e alcançar a segunda rodada na competição, o australiano tem tudo para enfrentar outro ex-líder do ranking na próxima partida, mas para que isso aconteça o russo Daniil Medvedev terá que fazer valer a condição de cabeça de chave número 2 contra o norte-americano Tommy Paul.

Logo acima na chave, neste mesmo quadrante, o francês Ugo Humbert levou a melhor sobre o italiano Lorenzo Sonego, marcando parciais de 7/5, 3/6 e 6/0 para superar a estreia. Ele espera pelo vencedor do confronto entre o russo Andrey Rublev, quinto favorito, e o britânico Cameron Norrie, podendo cruzar com Medvedev nas quartas de final.

Também passou pela primeira rodada o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, que marcou duplo 6/2 para cima do convidado da casa Yi Zhou e agora espera pelo alemão Alexander Zverev ou pelo argentino Diego Schwartzman. Com o mesmo placar de duplo 6/2, o italiano Matteo Arnaldi bateu o quali norte-americano J.J. Wolf e espera pelo grego Stefanos Tsitsipas ou pelo chileno Cristian Garin.

Completando a lista de vitoriosos do dia, o argentino Tomas Etcheverry superou o quali sul-africano Lloyd Harris de virada, vencendo em três sets e dois tiebreks, com o placar final de 6/7 (5-7), 7/6 (7-4) e 6/3. Na segunda rodada, ele pode enfrentar o alemão Jan-Lennard Struff ou o norueguês Casper Ruud, cabeça de chave 7 na competição chinesa.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE