PLACAR

Davidovich: “O segredo é estar focado em cada ponto”

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Cincinnati (EUA) – Embalado após fazer semi em Toronto, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina superou a estreia no Masters 1000 de Cincinnati e agora terá a árdua missão de enfrentar o sérvio Novak Djokovic, contra quem já jogou quatro vezes e inclusive conseguiu uma vitória, ano passado em Monte Carlo, tendo perdido os outros três embates.

“Minha vitória foi no ano passado e no saibro. É diferente, mas vai ser divertido assistir e tenho certeza que vamos gostar de jogar um contra o outro”, afirmou o espanhol de 24 anos e atual 23 do mundo, seu melhor ranking até então.

“Lembro que estava controlando muito bem o jogo, mas no meio do segundo set ele me quebrou de volta. Quando ele ganhou o segundo set, estava inspirado. Eu estava focado apenas na quadra, jogando contra ele e me concentrando em cada bola. Acho que o segredo da vitória foi estar focado em cada ponto”, contou Davidovich, relembrando a vitória em Monte Carlo.

O espanhol sabe que será um jogo duro, principalmente por causa da qualidade do rival “Ele tem tudo de Rafa e Federer. Seu corpo é muito elástico, pode ser muito, muito sólido e tem as armas para induzi-lo a cometer erros. Além disso, tem as bolas vencedoras e saca muito bem”, afirmou Davidovich.

“Mas a chave para ele é que enxerga o jogo muito bem, a qualquer momento sabe o que precisa fazer. Não importa o resultado, você tem que esquecer o resultado. Você tem que jogar contra ele porque no final ele é uma lenda e você não joga todos os dias com esse tipo de jogador”, acrescentou o destro de Málaga.

Davidovich espera aproveitar a confiança obtida em Toronto, onde bateu rivais como Alexander Zverev e Casper Ruud. “Isso dá muita força para focar no próximo jogo. Esta semana para mim é como um novo desafio porque sempre que consigo um bom resultado, a semana seguinte é um pouco mais difícil, mas acho que estou pronto porque estou melhor mentalmente”, comentou o espanhol.

“Sei que o próximo será Novak Djokovic e será uma partida muito difícil. Mas acho que agora estou pronto para enfrentá-lo e tentar vencê-lo”, finalizou Davidovich, que desafiou o sérvio uma vez na atual temporada e foi superado em sets diretos na terceira rodada de Roland Garros, dois deles decididos apenas no tiebreak.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE