PLACAR

Collins vence 12ª consecutiva e decide contra Kasatkina

Foto: Credit One Charleston Open

Charleston (EUA) – O grande momento da norte-americana Danielle Collins continua após a conquista do WTA 1000 de Miami, a maior de sua carreira. Mesmo saindo do piso duro para o saibro verde do WTA 500 de Charleston, a tenista da casa segue vencendo e vai disputar sua segunda final seguida, batendo na semi deste sábado a grega Maria Sakkari em sets diretos, com duplo 6/3.

Depois de vencer a 12ª consecutiva, em 1h25 de partida, Collins terá pela frente na decisão a russa Daria Kasatkina, que teve muito mais trabalho na primeira semifinal do dia, precisando de 2h47 e três sets para derrubar a cabeça de chave número 1 do torneio, a tenista da casa Jessica Pegula, marcando placar final de 6/4, 4/6 e 7/6 (7-5).

Collins é a terceira jogadora com mais triunfos neste começo de temporada, soma 21 até então e está atrás apenas da polonesa Iga Swiatek, atual número 1 do mundo, e da cazaque Elena Rybakina. As duas conquistaram 22 vitórias em 2024 e podem ser igualadas pela norte-americana caso ela conquiste o título em Charleston, que seria o quarto de sua carreira.

Ocupando atualmente a 22ª colocação no ranking, a norte-americana de 30 anos, que irá se aposentar no final do ano, irá voltar ao top 20 com a campanha desta semana, subindo provisoriamente para o 18º lugar. Ela pode chegar à 15ª posição se for campeã, ainda um pouco distante da sétima colocação, a mais alta da carreira até então.

Do outro lado, Kasatkina, que vai disputar a terceira final na temporada e busca o primeiro título, depois de ter ficado com o vice em Adelaide e Abu Dhabi. Cabeça de chave 4 na competição, a russa está se mantendo na 11ª colocação com a vaga na decisão e irá voltar ao top 10 caso vença Collins no domingo.

Kasatkina traz uma vantagem de 2 a 1 no confronto direto sobre Collins no circuito e venceu o único confronto anterior entre elas em quadras de saibro, em Roma 2018. No entanto, a norte-americana levou a melhor no encontro mais recente, batendo a russa na única final que disputaram, em 2021, para faturar o título em San Jose.

 

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Collins vai ganhar esse torneio

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Vamos collins

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás

A Collins está intragável! Torcerei para que ela leve mais um caneco.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE