PLACAR

Collins arrasa, fatura 2º título seguido e volta ao top 20

Foto: Credit One Charleston Open

Charleston (EUA) – Jogadora do momento na WTA, a norte-americana Danielle Collins continua brilhando no circuito e não perde mais, anotando a 13ª vitória seguida. Neste domingo ela ampliou sua invencibilidade e bateu com autoridade a russa Daria Kasatkina na final do WTA 500 de Charleston, anotando parciais de 6/2 e 6/1, em 77 minutos de partida.

Campeã em Miami na semana passada, Collins bateu o seu recorde pessoal de vitórias seguidas, que eram de 12 na temporada de 2021, chegando ao 13º triunfo. De quebra, ela conseguiu este feito em dois pisos diferentes, saindo do sintético para o saibro verde. Ela também chegou à 22ª vitória na temporada, empatando com Iga Swiatek e Elena Rybakina entre as tenistas que mais venceram em 2024.

Apenas a quarta jogadora a faturar o título de Charleston sem estar entre as cabeças de chave, se juntando a Iva Majoli em 2002, Justine Henin em 2005, e à própria Kasatkina, que conquistou seu primeiro título de simples WTA em Charleston em 2017, Collins continuará escalando o ranking com mais este grande resultado.

Começando fevereiro como a número 71 do mundo, a norte-americana deve voltará ao top 20 com o título deste domingo, saindo da atual 22ª colocação para a 15ª na lista da próxima segunda-feira. Collins já foi número 7 do mundo em sua melhor fase e agora ficará 800 pontos atrás do top 10.

Logo de cara a tenista da casa tratou de tomar conta da final, anotou uma quebra logo no segundo game e por pouco não repetiu o feito no quarto, quando Kasatkina salvou dois break-points. Embora tenha colocado apenas 36% dos primeiros serviços, ela foi perfeita com eles e venceu todos os pontos disputados, conseguindo ainda 57% de aproveitamento com a segunda bola.

Tal desempenho fez com que Collins não enfrentasse break-points contra no primeiro set, terminando com 73% de aproveitamento. Do outro lado, Kasatkina venceu só metade dos pontos de saque e acabou levando uma quebra a mais no oitavo e último game.

Na segunda parcial, o domínio de Collins seguiu e foi ainda maior, com ela perdendo apenas quatro pontos de saque e vencendo 52% na devolução. A norte-americana venceu os cinco primeiros games da disputa e praticamente garantiu a taça. Kasatkina apenas conseguiu evitar o “pneu”, mas logo depois viu a rival concretizar a vitória e comemorar o título.

 

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás

A “Danimal” está jogando muito! Ganhou 95% dos pontos com o 1º saque! :o

Só teve 2 BP contra e os salvou, venceu 12 dos 15 games e contra a 11ª do mundo.

Tá de mega parabéns!

Vitor Façanha
Vitor Façanha
1 mês atrás

Cadê o cara que tava falando que as mulheres não tem fisico pra ganhar 2 torneios seguidos?

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Uau que mês para Danielle

Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

com esses resultados, será burrice se ela não repensar a decisão de parar

Arthur
Arthur
1 mês atrás

E ainda vai se aposentar, putz

Joaz
Joaz
1 mês atrás

Osvaldo, ela declarou que se aposenta esse ano independentemente dos resultados.

Jefferson
Jefferson
1 mês atrás

O anúncio da aposentadoria mudou alguma “chavinha” na mentalidade dela pelo visto. Nas últimas duas competições ela atropelou a concorrência, parecendo ser uma top 3 em ótima fase.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Parabéns Danielle Collins pelas duas conquistas consecutivas. Fez por merecer ambos os títulos. Vou torcer para que continue com o mental forte e com as emoções controladas para seguir jogando o seu melhor tênis. E pode servir de exemplo e inspiração para outras jogadoras do circuito, inclusive para a nossa Beatriz Haddad Maia que está lutando pra voltar ao seu melhor nível.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Ela quer ser mãe e depois pode voltar a jogar

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE