PLACAR

Chinesa salva 10 match-points e sobrevive à estreia em Madri

Xinyu Wang (Foto: Alberto Nevado/Mutua Madrid Open)

Madri (Espanha) – A chinesa Xinyu Wang conseguiu uma virada improvável na rodada de estreia do WTA 1000 de Madri. A jogadora de 22 anos e atual 42ª do ranking salvou 10 match-points na vitória sobre a búlgara Viktoriya Tomova nesta quarta-feira e fechou o jogo com parciais de 5/7, 7/5 e 6/4 em 2h49 de disputa.

Depois de um primeiro set com altos e baixos, em que Wang liderou por 5/3, mas tomou a virada, o segundo set começou arrasador para Tomova, que saiu vencendo por 4/0 e chegou a fazer oito games seguidos na partida. Os três primeiros match-points da búlgara foram quando ela vencia por 5/2, mas a chinesa conseguiu manter o game de serviço.

Na sequência, Tomova sacou para o jogo e teve outras sete chances de fechar a partida, mas Wang novamente conseguiu se salvar. A chinesa ganhou confiança para vencer os últimos cinco games do segundo set. Ela também abriu 4/0 no terceiro e esteve o tempo todo à frente no placar, ainda que a búlgara tenha diminuído a diferença no fim do jogo. Diferente da rival, Wang fechou o jogo em sua primeira oportunidade. Ela agora enfrenta a francesa Caroline Garcia, 24ª do ranking.

Danilovic salva quatro match-points e enfrenta Collins

Outra tenista que escapou da derrota nesta quarta-feira foi a sérvia Olga Danilovic, 122ª do ranking e vinda do quali. Ela salvou quatro match-points na vitória sobre a francesa Clara Burel, 44ª colocada, com parciais de 3/6, 7/6 (10-8) e 6/4 após 2h37 de jogo.

O primeiro match-point salvo por Danilovic foi quando ela perdia o segundo set por 5/3. Os outros três foram no tiebreak. Em um terceiro set com sete quebras, a sérvia consolidou a virada. Sua próxima rival é a norte-americana Danielle Collins, 15ª do mundo e vencedora de dois títulos na temporada, em Miami e Charleston.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE