PLACAR

CBT realiza CNIPs e torneios profissionais no Rio de Janeiro

Pietra Rivoli (Foto: Luiz Candido/CBT)

Rio de Janeiro (RJ) – O segundo semestre de 2024 vai começar movimentado para o tênis brasileiro. A Confederação Brasileira de Tênis (CBT) confirmou a realização de quatro torneios, masculinos e femininos, de 6 a 21 de julho, na Rio Tennis Academy, no Rio de Janeiro (RJ). Os eventos serão divididos entre etapas do Campeonato Nacional de Incentivo ao Profissionalismo (CNIP), que concedem wild cards (convites) para torneios internacionais, e etapas do Circuito Banco BRB/ Engie de Tênis Profissional, com total de R$ 80 mil em premiação. As inscrições podem ser feitas pelo Sistema Tênis Integrado.

O CNIP 1 será disputado entre 6 e 10 de julho. Os campeões conquistam convites para o ITF M25 de Londrina (masculino) e para o ITF W35 de São Paulo (Feminino), enquanto os vice-campeões entram nos qualifyings. Em seguida, de 9 a 14 de julho, será realizada uma etapa do Circuito de Tênis Profissional, com chaves masculina e feminina, além de R$ 40 mil de premiação.

Já o CNIP 2 tem data marcada de 13 a 17 de julho e concede convites para os campeões às chaves principais do ITF M25 de Belém e do ITF W35 de São Paulo, enquanto os vice-campeões seguem para os respectivos qualifyings. Encerrando a sequência, ainda será realizada outra etapa do Circuito de Tênis Profissional, de 16 a 21 de julho. A competição também possui chaves masculina e feminina e premiação de R$ 40 mil.

Todas as competições são abertas e sem limites de inscrições. Os jogos dos CNIPs serão disputados em melhor de três sets, sendo o terceiro um super tiebreak. Já as partidas do Circuito de Tênis Profissional seguirão o regulamento nacional de profissionais. Por acontecerem em sequência, os atletas podem disputar até três jogos no mesmo dia.

Para o gerente esportivo e de projetos da CBT, Guilherme Gesser, a série de eventos é uma grande oportunidade para os tenistas em transição entrarem de vez no esporte. “Esta é mais uma grande iniciativa da Confederação, em que oferecemos a maior quantidade possível de jogos de alto nível. Desta forma, eles podem somar pontos importantes para subir nos rankings ATP e WTA. Esperamos que os nossos jovens atletas aproveitem e saiam dessa sequência com muita bagagem para desafios futuros”, destacou.

Além dos quatro torneios, a Confederação já havia anunciado o Aberto da Madeira de Tênis, que acontece de 2 a 7 de setembro, em Porto Velho (RO), e também faz parte do Circuito. Nos próximos dias, a entidade deve lançar três novas etapas e as premiações devem alcançar os R$ 240 mil, divididos igualmente entre homens e mulheres.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
23 dias atrás

Está fazendo o que ?

São mais de 80 Juvenis esperando ITF no Brasil.
A Base já tem, eles precisam de Torneios com pontuação no Ranking ATP.
Essas disputas internas, agora, somam pouco ao Tênis Brasileiros. Porque esse monte de Juvenis ficam sem acesso do Amador para o Profissional.

Tem que ter uma série de ITF no Brasil para colocar vários jogadores em Nível de Challenger, Senão como vão chegar a nível ATP.
Só alguns, raridade como está sendo com Fonseca.

Para mim, esse assunto é para passar pano, tapar os olhos dos expectadores do Tênis.

Paulo A.
Paulo A.
23 dias atrás

Gol de placa da CBT. Aos críticos de plantão, e sempre os há, é muito mais fácil depreciar do que realizar. Eu acho a iniciativa louvável. Tomara que haja continuidade…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE