PLACAR

Carol é superada em três sets e Alemanha fecha confronto

Carol Meligeni (Foto: Luiz Cândido/CBT)

São Paulo (SP) – A Alemanha definiu o confronto contra o Brasil em São Paulo e se classificou para a fase final da Billie Jean King Cup, que será disputada no mês de novembro na Espanha. No jogo que definiu a série, a experiente Laura Siegemund, 85ª do mundo, derrotou Carol Meligeni, 345ª colocada, por 6/1, 2/6 e 6/3 em 2h36 de partida, para fechar a série por 3 a 1.

O time alemão vinha de duas vitórias na última sexta-feira, com Siegemund diante de Bia Haddad Maia e Tatjana Maria contra Laura Pigossi. Já na abertura da rodada deste sábado, Bia derrotou Anna-Lena Friedsam por 5/7, 6/0 e 6/1.

O Brasil disputará em novembro a fase de playoffs, provavelmente contra um país vindo do Grupo I. Uma vitória recoloca a equipe nacional no Qualificatório Mundial de 2025. Ano passado, as brasileiras venceram a Coreia do Sul em Brasília pelos playoffs e se classificaram para enfrentar a Alemanha em São Paulo.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Oito países se classificaram após as eliminatórias regionais do Grupo I: Argentina e Colômbia pelas Américas, Holanda, Sérvia, Áustria e Dinamarca pela Europa-África, além de China e Coreia do Sul pela Ásia e Oceania. Já entre os demais países que perderam no Qualificatório Mundial estão México, Suíça, França, Bélgica, Cazaquistão, Eslovênia e Ucrânia.

Escalada para substituir Laura Pigossi, segundo a Confederação, por opção da comissão técnica, Carol Meligeni tem agora dez participações na Billie Jean King Cup, com sete vitórias e três derrotas em simples. Diante de adversárias no top 100, a campineira de 27 anos ainda não conseguiu vitórias em sete partidas e venceu um set pela primeira vez neste sábado.

O primeiro set da partida foi amplamente dominado por Siegemund, que conseguiu duas quebras logo cedo e saiu vencendo por 3/0. A alemã cedeu apenas três pontos em seus games de serviço na parcial. Carol Meligeni viveu seu melhor momento na partida no segundo set, quando conseguiu uma quebra e saiu vencendo por 2/0. Não demorou para que Siegemund buscasse o empate, mas a brasileira voltou a quebrar depois que a rival foi advertida pela demora para sacar. O incidente inflamou novamente a torcida no Ibirapuera, que passou a apoiar ainda mais a reação de Carol na partida e ela igualou o jogo.

Mas logo no início do terceiro set, Siegemund voltou a quebrar. E logo depois, a alemã manteve o saque para sair vencendo por 3/0. Ela conseguia mexer a brasileira do fundo de quadra e controlar os pontos, utilizando bem os slices e subidas à rede. Não faltou luta para Carol Meligeni durante todo o último set. A campineira chegou a devolver a quebra e diminuir a diferença para 4/3, mas Siegemund voltaria a quebrar no oitavo game, em uma bola que tocou na fita. Sacando para o jogo, a alemã encarou um game longo no saque, mas conseguiu definir a vitória em três sets.

46 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ramon Silva
Ramon Silva
1 mês atrás

Muito fraca essas jogadoras brasileiras…a bola da Carol retornava no meio da quadra…é impossível ganhar desse jeito…sem contar a fase que a Bia tem atravessado…contra equipes tops …fica impossível vencer…

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

não viu o jogo, aparentemente. o primeiro set foi sim um massacre, mas a partir do segundo a carolina começou a jogar de forma muito inteligente e deixou a alemã perto do desespero. se não fossem algumas jogadas de sorte no terceiro set, com a bola batendo na rede e caindo do lado errado (para nós) em momentos cruciais, o jogo poderia ter ido definitiva e muito surpreendentemente para o lado da brasileira. foi por pouco!

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

Ela não tem bola pra esse nível. Conseguiu um set por milagre e desgaste físico da alemã

Claudia
Claudia
1 mês atrás
Responder para  Paulo Mala

Concordo!!

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

Mas já levam uns USD300,000 de bolada pra casa pra dividir entre federação e jogadoras.
Todos montados nas costas da Bia. Espero que nao sejam fracas representando o Brasil na hora de pagar os devidos imposto de renda desse prêmio. Fiquem de olho pessoal da Receita Federal. É tão simples ja que os prêmios de todos os torneios sao publicamente divulgados.

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  Leonardo

Comentário desnecessário e fora de contexto.

Leonardo P.
Leonardo P.
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

Totalmentes necessario: quantos IFT W15/w35 uma top 400 tem que ganhar pra juntar a grana que ganhou em uma só partida na Billie Jean? Faça as contas. Por isso jogou como nunca e perdeu como sempre… Já pra Bia, nao vale o esforço… nao vale a perda na primeira rodada de um Slam.

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  Leonardo P.

Caramba, este deve estar na cabeça das jogadoras com tanta clarividência.

Leo P.
Leo P.
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

Não só na mente delas como de qualquer ser humano nesse mundo capitalista. Ou você inocentemente acha que as pessoas estão no esporte de alto rendimento APENAS por amor/paixao pelo esportes?
Todo mundo tem contas pra pagar. Acha que uma pessoa adora depender pra sempre de tio famoso ou dos pais (quem sabe ate uma hora pedir um emprestimo pro irmao mais bem sucedido…)? Tem técnico, sparring, fisioteraupeuta, psicologo, viagens, comida, encordamento pra pagar (e fazer um pezinho de meia pro futuro incerto. Que diga a Teliana sem costas quentes e que parou cedo antes que a grana apertasse). A vida não é conto de fadas pra ninguém. E Billie Jean nao é pro bono. O circo nao esta montado de graça, que elas vão APENAS por voluntariado, pelo patriotismo ou fazer os fãs sorrirem. Por isso é dificil trazer famosos pro Rio Open… Só pagando bem pra alguem vir pra cá. Tem que pagar a caixinha, appearance fee. É o trampo delas. Só sendo muito inocente. Quem quer rir tem que fazer rir. Quem ta abaixo do Top 150 dá graças a Deus ao folego que Copa Davis e Billie Jean existem: não dá ponto, mas compensa porque dá grana. É a luta diária pra fechar a conta. Ou você acha que todo mundo é que nem a Pegula? Ou estou muito alucinado e sou unico que vive em Narnia?

Leo P.
Leo P.
1 mês atrás
Responder para  Blumenau
Claudia
Claudia
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

Não entendi ainda porque a Laura Pigossi não jogou hoje…

Daniel
Daniel
1 mês atrás
Responder para  Claudia

Ela sentiu a perna esquerda no terceiro set contra a Tatjana Maria…recebeu atendimento médico e em alguns momentos até mancava em quadra!

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  Claudia

Acho que por problemas fisicos

Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

machismo seu… nossas jogadoras são mulheres de fibra que merecem ser respeitadas

Ramon Silva
Ramon Silva
1 mês atrás
Responder para  Osvaldo

Não tem nada a vê com machismo… E sim qualidade técnica… Não vem querer lacrar não que isso não tem nada a vê … A Bia tem qualidade ..mais atravessa um péssimo momento no aspecto psicológico…As outras são esforçadas mais não tem qualidade técnica para enfrentar adversárias do top 100 pra cima…lacração não ganha jogo…

Lucas
Lucas
1 mês atrás

Gostei muito da Carol hoje, batalhou e tentou até onde seu tênis conseguia, mas infelizmente não consegui vencer.
O que matou a gente foi o primeiro jogo da Bia e a Laura teve chances de vencer ontem, que fique de lição para a próxima

João
João
1 mês atrás

Surpreendeu, jogou de igual pra igual com a top e ficou perto da vitória, q só escapou por conta da maior experiência e rodagem da alemã no final. Mas representou muito a Carol. O q pesou para está derrota no confronto foi a derrota da Bia no primeiro dia, não essa da Carol.

F.F.
F.F.
1 mês atrás

Fica a pergunta
Como a Haddad Maia perdeu dessa alemã ?

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  F.F.

Amarelou.

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Triste. O peso dessa derrota pode até ser dar Bia, que tá precisando de garra assim como Carol e Laura, muito bom ver ela vibrando com a comissão no banco, dando energia. A fase dela não é boa, mas é a melhor que temos, o nível das nossas jogadoras é visível, vendo os jogos de ontem e hj em relação a Bia.Espero ver Bia recuperada e com a garra das menina, pq mesmo não estando em uma boa fase, é disparada a melhor que temos atualmente no circuito.

Última edição 1 mês atrás by Rodrigo
Alexandre de Magalhães
Alexandre de Magalhães
1 mês atrás

A Sigmund é uma grande jogadora de duplas, não de simples. Tem 36 anos. Teve que jogar simples dois dias seguidos, contra a torcida adversária gritando. O ginásio, fechado e quente. Ainda assim ela foi lá e decidiu a série. Está de parabéns.

Gilbert Becou
Gilbert Becou
1 mês atrás

A tenista alemã jogou ontem e teoricamente estaria mais cansada no 3 set.Só q aconteceu exatamente ao contrário.Carol sentiu demais a pressão,no último game parecia estar torcendo p acabar o jogo logo p/ ir p/ casa dormir.Ela e a Laura não tem a mínima condição de representar o Brasil na FEDCUP.e a Bia ontem deu vexame.

Ramon Silva
Ramon Silva
1 mês atrás
Responder para  Gilbert Becou

Eu falei isso mais cedo sobre a qualidade técnica das duas e fui chamado de machista…haha…pessoal não aceita a verdade…

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

Verdade, não aceitam a realidade, são torcedores furiosos.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás
Responder para  Ramon Silva

Até concordo com vc sobre machismo. Não tem nada a ver. Mas elas tem garra e lutam. Além do mais precisamos de 3 jogadoras, quem vc colocaria no lugar delas? A Cé , a Candiotto, Rebeca? Não menosprezando elas, e indo pelo ranking. Vamos ter que aguardar e talvez um dia termos 4 ou 5 no top 150. Estamos é muito bem representados com Bia, Laura e Carol e meninas de duplas. Quantas vezes chegamos nessa fase.?

ramon silva
ramon silva
1 mês atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

problema que nao tem Haroldo…infelizmente é o que temos no momento..até mesmo a fase anterior é complicado de passar pq querendo ou nao tem times equilibrados. Agora pra avancar para a fase final é muito dificil, pq temos somente a bia para bater de frente com as tops e se vc for ve a maioria dos times dessa fase possuem mais de uma jogadora top… o que nao é o caso do Brasil.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
1 mês atrás
Responder para  ramon silva

Acho que pra chegar nesta fase o ano que vem ainda dah,depende um pouco do adversario e local do jogo. Mas fiz um questionamento na materia do Penini. A WTA devia rever os jogos de duplas, passar a ser o 3o jogo. Pode ver que dificilmente elas jogam, acho que a cada 5 ou 6 confrontos tem o 3×2. Elas acabam sendo coadjuvantes, torcedoras de luxo. Se eh um time de um pais, deviam todas jogarem (simples e duplas), pense na pressao das Alemaes se estivesse 2×2.. depois do 2×0. Logico que eh uma hipotese ter chegaado ao 2×2. mas a estrategia das seleçoes seria outra.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Vlw brasileiras. Fica para a próxima e com a Bia em melhor fase

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

Por que a Pigossi não fez o segundo jogo hoje?

NFdS
NFdS
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Pigossi saiu quase morta do jogo de ontem

Daniel
Daniel
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Ela sentiu a perna esquerda no terceiro set contra a Tatjana Maria…recebeu atendimento médico e em alguns momentos até mancava em quadra!

Claudia
Claudia
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Também não entendi!!!

André Aguiar
André Aguiar
1 mês atrás

A verdade é que é muito difícil passar à fase final da BJK Cup dependendo de uma só tenista vencer os dois jogos de simples e o de duplas. E olha que esse ano a classificação nunca esteve tão perto, já que jogamos em casa contra uma equipe alemã envelhecida. Mas nem assim conseguimos. Resta agora esperar pelo amadurecimento da Victória, da Naná e de quem mais vier.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  André Aguiar

A Tatyana Maria e a Laura Sigmund estão em plena forma física com 36 anos.a kerber veio para jogar as duplas

Andre Lima
Andre Lima
1 mês atrás

Parabéns pra Carol que fez um jogo digno ela é apenas a 345 de simples e de duplas 380, enfrentou uma jogadora 85 de simples e 6 em duplas… com muita mais bagagem de jogos grandes. tomara q esse jogo de um clique no jogo da Carol, que mostre pra ela q ela tem jogo pra estar entre as 100 do mundo…. Enfim…. ganhar teria sido incrível, mas isso aqui não é conto de fadas. ela tem q se orgulhar pq fez um jogo parelho… tirou um set da jogadora q ganhou da bia.

Claudia
Claudia
1 mês atrás

Eu acredito que a Laura Pigossi teria mais condições de ganhar o jogo de hoje! Não entendi a decisão da “Comissão Técnica”! Qual a justificativa?????

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás
Responder para  Claudia

Foi uma decisão física. A Laura sentiu a perna ontem. Já teve problema de joelho recentemente…

Claudia
Claudia
1 mês atrás
Responder para  Paulo Mala

Uma pena! Ela jogou muito bem na sexta-feira!

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Grande guerreira a Carol! Quase fez milagre no Ibirapuera, deixou tudo em quadra.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  Paulo A.

Sim .lutou muito

Veronika Lam
Veronika Lam
1 mês atrás

ooooo “comissão técnica”. peralá! assim não!!! difícil acreditar…

Grau
Grau
1 mês atrás

Carol, você foi fantástica e por um detalhe não fez história. Parabéns pela entrega e por ter feito a gente acreditar . Representou muito bem o seu país

Andre Borges
Andre Borges
1 mês atrás

O confronto acabou quando a Bia perdeu o primeiro jogo. Temos time pra vencer qualquer time por 3×2 exceto a Polônia, mas depende exclusivamente da Bia/Luisa. Não tem como cobrar nada da Laura e Carol que inclusive deixaram a alma na quadra como sempre.

Fred Magalhães
Fred Magalhães
1 mês atrás

Rapaz, essa Sigmund é triste de ruim. Vi o jogo da Carol meligeni, e, com todo cuidado e respeito, já vi 2a classe muito melhor que ela. Que coisa medonha. Como a Bia perdeu dessa alemã?

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  Fred Magalhães

Amarelou.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Vou colocar em discussão: está na hora da WTA rever o conceito de Melhor Nação do tenis e colocar as duplas como 3o. Jogo. As meninas das duplas são mero coadjuvantes, torcedoras de luxo ao lado das tenistas que jogam. A estratégia do time teria que ser outra. Quantos jogos terminam 3×2? 1 em cada 5 ou 8? Poderíamos ter perdido de 3×2, mas seriam outros jogos os de simples no 2o.dia. Os GS tem as duplas mistas até, o ranking de duplas é outro. E tem principalmente no feminino de tenistas que jogam os dois com sucesso, vide a própria Bia, Pegula e Gauff, por exemplo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE