PLACAR

Carlos Bernardes é homenageado no ATP de Barcelona

Barcelona (Espanha) – O árbitro brasileiro Carlos Bernardes recebeu homenagens na última sexta-feira durante o ATP 500 de Barcelona. Aos 58 anos, ele está em sua última temporada como juiz de cadeira no circuito internacional. E consequentemente faz sua despedida do tradicional torneio espanhol.

Bernardes atuou na partida entre o grego Stefanos Tsitsipas e o argentino Facundo Diaz Acosta pelas quartas de final, que terminou com vitória de Tsitsipas por 4/6, 6/3 e 7/6 (10-8). Após a partida, foi recebido pelo diretor do torneio e ex-jogador profissional David Ferrer e se emocionou durante a cerimônia realizada na quadra Rafa Nadal.

“Muito obrigado a todos em Barcelona. Esta é uma cidade que sempre estará em meu coração”, falou Bernardes durante o discurso.

Com longa carreira no circuito, ele já foi o árbitro de cadeira em finais de Grand Slam no US Open de 2006 e 2008 e também na grama de Wimbledon em 2011. Radicado na Itália há vários anos, ele fará um calendário mais curto em sua temporada de despedida. Seu objetivo após a aposentadoria é dar assistência a quem começa na carreira de árbitro.

Leia mais:

Carlos Bernardes vai se aposentar ao fim da temporada

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Arajaribu
Arajaribu
1 mês atrás

Parabéns Bernardes, muito merecido!!

Ricardo Schwery
Ricardo Schwery
1 mês atrás

Parabéns Bernardes! Você é um grande orgulho para todos nós brasileiros.

Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

grande Bernardes, parabéns pelo lindo papel que vc desempenha na luta anti-racismo e anti-gordofobia !

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás

Caramba, apenas 3 finais de slam. Eu pensava que seria mais…
Pelo jeito, o Nadal prejudicou mesmo a carreira dele

Didier
Didier
1 mês atrás

Orgulho para nós brasileiros!!!

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Parabéns Bernardes.

Ronaldo Ferreira
Ronaldo Ferreira
1 mês atrás

Orgulho para o Brasil…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE