PLACAR

Bia encara Kasatkina na semi às 3h, chinesas duelam

Foto: WTA Elite Trophy

Zhuhai (China) – Nos jogos que encerraram a última rodada da fase de grupos do WTA Elite Trophy, as chinesas Qinwen Zheng e Lin Zhu ficaram com as duas últimas vagas nas semifinais do torneio. Elas se enfrentam por uma vaga na decisão e se juntam à número 1 do Brasil, Beatriz Haddad Maia, que enfrentará a russa Daria Kasatkina, classificada desde a última quinta-feira. O duelo com Kasatkina será às 3h (de Brasília).

Zhu não estava em quadra nesta sexta e contou com a vitória da já eliminada Veronika Kudermetova no duelo russo contra Liudmila Samsonova com parciais de 6/4, 3/6 e 7/5 em 2h53 de partida. Com o resultado, as três tenistas do Grupo Rosa terminaram a primeira fase com uma vitória e uma derrota, mas Zhu avançou por ter melhor aproveitamento de sets.

Samsonova esteve muito perto da classificação para a semifinal. Ela chegou a liderar o último set por 5/2 e teve dois match-points, mas não aproveitou as duas chances que teve de sacar para o jogo. Kudermetova ainda segue em Zhuhai para disputar a final de duplas junto com Bia Haddad Maia. Elas podem enfrentar a japonesa Miyu Kato e a indonésia Aldila Sutjiadi, cabeças 2 do torneio, ou as chinesas Xiyu Wang e Yifan Xu. Essa partida vai encerrar a programação de sábado.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Já a anfitriã Qinwen Zheng, 18ª do ranking, venceu um confronto direto contra a letã Jelena Ostapenko, 13ª colocada, para ficar com a primeira posição do Grupo Orquídea. Atuando nas rápidas condições de Zhuhai, mesmo durante à noite, Zheng contou com ótimo desempenho no saque e disparou 11 aces na vitória por 6/4, 1/6 e 6/2 em 2h de partida. Foi a sétima vitória seguida para a jovem chinesa de 21 anos, campeã do WTA 500 de Zhengzhou há duas semanas.

Sorteio definiu confrontos da semifinal
Com a definição das quatro semifinalistas, Kasatkina e Zheng foram designadas como cabeças de chave, por serem as jogadoras de melhor ranking. Por regulamento, elas obrigatoriamente só se enfrentariam na final. Um sorteio definiu que Bia enfrentará Kasatkina, enquanto Zheng terá um duelo chinês com Zhu.

Número 1 do Brasil e 19ª do mundo, Bia venceu o único duelo anterior que fez contra Kasatkina, atual 17ª colocada. O confronto aconteceu em fevereiro deste ano em Doha. “É o fim da temporada e ainda tenho muita energia”, disse Bia, que tenta alcançar sua quinta final de WTA em simples. “Estou muito feliz por estarmos trabalhando duro o tempo todo. Feliz também por estar na final em duplas. Veronika é uma garota muito legal para dividir a quadra. Agora vou aproveitar meu dia, cuidar do meu corpo e depois pensar no jogo de amanhã”.

Entre as quatro semifinalistas, Kasatkina é quem tem o histórico mais vitorioso no circuito da WTA. A russa de 26 anos e ex-número 8 do mundo tem seis títulos e seis vice-campeonatos. Este ano, foi finalista na grama de Eastbourne. No outro jogo da rodada, Qinwen Zheng vai em busca da quarta final da carreira e a terceira na temporada, com títulos em Palermo e Zhengzhou. Já a experiente Lin Zhu, de 29 anos, tem um título e um vice. Ela venceu o único duelo anterior com Zheng, jogado ainda em 2018.

Confira a programação completa deste sábado em Zhuhai.

Estádio – 1h
Oksana Kalashnikova (GEO)/Yana Sizikova vs. [6][C]Xinyu Jiang (CHN)/Qianhui Tang (CHN)
Não antes de 3h
[8]Beatriz Haddad Maia (BRA) vs. [6]Daria Kasatkina
Não antes de 5h
[7]Qinwen Zheng (CHN) vs. [12][C]Lin Zhu (CHN)
[2]Miyu Kato (JAP)/Aldila Sutjiadi (INA) vs. [5][C]Xiyu Wang (CHN)/Yifan Xu (CHN)

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE