PLACAR

Bia e Townsend são eliminadas nas oitavas de final

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – Acabou nesta segunda-feira a campanha da paulista Beatriz Haddad Maia no Australian Open. Depois de parar na terceira rodada em simples, ela e a norte-americana Taylor Townsend foram eliminadas na chave de duplas nas oitavas, superadas pela espanhola Cristina Bucsa e a russa Alexandra Panova em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/4.

Responsáveis pela eliminação das cabeças de chave 8, Bucsa e Panova terão pela frente uma parceria ainda mais favorita nas quartas de final. Suas próximas adversárias na competição serão a canadense Gabriela Dabrowski e a neozelandesa Erin Routliffe, quarta melhor em Melbourne e atuais campeãs do US Open, que bateram as chinesas Hanyu Guo e Xinyu Jiang com o placar de 4/6, 6/1 e 6/3.

Bia e Townsend tiveram a primeira chance de quebra da partida, já no segundo game, mas foram elas que perderam o saque primeiro, amargando quebra logo em seguida. Bucsa e Panova anotaram mais um break e chegaram a vencer cinco game seguidos, dominando as ações em quadra. Sem reação do outro lado, a espanhola e a russa fizeram 6/2 sem sustos.

O saque da paulista e da norte-americana não funcionou bem no set inicial, com apenas 57% de aproveitamento. Elas também não estavam muito calibradas, anotaram oito winners e cometeram 11 erros não forçados, enquanto as rivais tiveram apenas três erros não forçados e seis bolas vencedoras.

A segunda parcial foi mais equilibrada, com Bia e Townsend elevando o nível, mas do outro lado Bucsa e Panova seguiram jogando bem. O sétimo game foi crucial, com a brasileira e a norte-americana enfrentando 0-40 com o saque. Elas salvaram dois break-points, mas não o terceiro. Bastou então à russa e à espanhola administrar a vantagem, para fechar o jogo no segundo match-point.

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leo realista
Leo realista
5 meses atrás

É pessoal… campanhas decepcionantes em simples e duplas da campeã do finals b…
De volta pra prancheta do técnico e treinamentos para tentar mudar esse panorama.

Fernando S P
Fernando S P
5 meses atrás
Responder para  Leo realista

A derrota no R32 foi decepcionante pelas circunstancias, mas como voce sabe ela igualou a melhor campanha de um brasileiro no AO na era moderna do tênis.

Rodrigo W
Rodrigo W
5 meses atrás
Responder para  Fernando S P

Pode ter certeza de que ela não está se sentindo nem um pouco confortada com esse incrível recorde

Leo realista
Leo realista
5 meses atrás
Responder para  Fernando S P

Ela evoluiu sua melhor campanha de 2 jogos para 3 jogos em simples. Pequena evolução…
Fica o gosto amargo de ter uma chave fácil para o patamar atual dela, em que poderia alcançar ao menos as quartas de finais.

Camila
Camila
5 meses atrás
Responder para  Leo realista

A Bia vai fazer 28 anos , quem sabe até os 35 ela ela melhora né !!! A meninas da creche mostraram que tem potencial incrível !! Varreram as top 10 e Top 20 !!! Sobrou apenas 4. Então a nova safra está chegando forte, quem não melhorar, só vai descer no ranking.

Bruno
Bruno
5 meses atrás

Que jogo pavoroso da dupla. Nunca vi a Bia ou a Townsend jogando tão mal. Vamos pra próxima.

Cabelo de Boneca, a vingança
Cabelo de Boneca, a vingança
5 meses atrás

Sugiro inserir no calendário alguns torneios de pickleball para aliviar um pouco a pressão

Leo realista
Leo realista
5 meses atrás

Ou beach tennis tbm kkkk

André
André
5 meses atrás

A dupla num dia nada inspirado, Bia e Taylor bem abaixo. Mas a gira não foi de todo ruim, é começo de temporada e mesmo com o início lento já abocanhou um ATP 500 na dupla e fez a melhor campanha no AO em simples.

Ubiratan (Black)
5 meses atrás
Responder para  André

Sem dúvida! São fatos.
E virão mais finais e títulos nas duplas e novas superações de campanhas nas simples.

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
5 meses atrás

Ambas jogaram muito abaixo, jogaram mal na verdade. É visível que a eliminação em simples afetou a condição mental e a confiança de BIA (lembrando que a garota que surpreendentemente venceu Bia na terceira rodada – Timofeeva – foi facilmente eliminada na partida seguinte de oitavas de final por 6/2 – 6/1 pela ucraniana Marta Kostyuk). Não vamos transformar o mal resultado no AO em terra arrasada, mas, é hora de refletir sobre o ocorrido. Para se manter como TOP 12 será necessária outra postura dentro de quadra, muito mais agressiva, com mais variação de jogo, e melhorar significativamente fundamentos muito importantes como saque e recepção. É certo também, que BIA não é mais uma estranha no circuito, e obviamente, seu jogo já foi estudado e absorvido pelas adversárias. Hora de virar o jogo, ainda há tempo…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE