PLACAR

Berrettini: “Senti uma tristeza que nunca tinha sentido”

Foto: Mike Lawrence/ATP Tour

Toronto (Canadá) – Após superar a estreia no Masters 1000 de Toronto, batendo o francês Gregoire Barrere com parciais de 6/4 e 6/3, o italiano Matteo Berrettini abriu o coração e falou dos momentos duros pelos quais passou nesta temporada, convivendo com lesões e sem poder desempenhar seu melhor tênis. Ele destacou a lesão sofrida no Masters 1000 de Monte Carlo, que o tirou de ação durante toda a temporada de saibro, inclusive Roland Garros,

“O que aconteceu em Monte Carlo foi muito difícil porque eu estava começando a me sentir bem. Eu estava perto de jogar em um bom nível e, de repente, no meu aniversário, me machuquei novamente. Perder o torneio de Roma, principalmente, foi um golpe difícil de assimilar. Senti uma tristeza na quadra que nunca tinha sentido e pensei que nunca mais conseguiria jogar normalmente. Fiquei com pensamentos muito sombrios”, contou o italiano.

Berrettini tinha medo de perder Wimbledon pelo segundo ano consecutivo, mas se recuperou a tempo e fez uma boa campanha no torneio, foi até as oitavas e parou apenas diante do espanhol Carlos Alcaraz, que depois acabou faturando o título. ‘Carlos jogou em alto nível e merecia ser campeão, mas sinto que poderia ter feito melhor. Não cheguei com rodagem suficiente e ele foi melhor, mas saí com a sensação de que poderia melhorar e, principalmente, que estava saudável”, afirmou.

A família e a namorada foram importantes para Berrettini superar os momentos difíceis. “Foram eles que me mantiveram lutando, não me deixaram afundar nos momentos em que eu estava prestes a desistir. O tênis é tudo para mim e me permite não pensar em mais nada. Tantas lesões me fizeram perder a paixão pelo tênis e isso me fez perder tudo porque o tênis é o que me faz sentir vivo”, finalizou o italiano, que terá agora pela frente o compatriota Jannik Sinner.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE