PLACAR

Becker coloca Gauff entre favoritas para o US Open

Foto: Western & Southern Open

Stuttgart (Alemanha) – O alemão Boris Becker acredita que Coco Gauff pode ser uma nova superestrela na WTA e competir com a polonesa Iga Swiatek e a bielorrussa Aryna Sabalenka por títulos de Grand Slam. Campeã no último domingo, a a norte-americana conquistou no WTA 1000 de Cincinnati o maior título da carreira.

Para o ex-número 1, Gauff está bem mais madura do que quando despontou no circuito.”É sempre difícil quando você tem 15 anos e já é apontado como a próxima superestrela do cenário do tênis por nós especialistas”, disse Becker ao podcast Das Gelbe vom Ball.

“Isso não facilita a vida de uma adolescente de 15 anos, significa que a pressão aumenta, as expectativas aumentam, mas é preciso ter um pouco de paciência. Finalmente conquistou algo grande. Ela já havia feito final em Paris, mas o grande avanço não aconteceu”, falou o alemão, lembrando do vice de Roland Garros em 2022.

Becker aponta que além do titulo, a norte-americana mostrou também que pode bater a número 1 do mundo, tendo vencido Swiatek nas semifinais. “Nesse aspecto, eu chamo isso de um avanço”, comentou o dono de seis títulos de Grand Slam.

“Chamo isso de um avanço, pode ser comparado ao que fez (Jannik) Sinner, e agora ela também está no círculo das principais favoritas para o US Open. Isso é bom para a cena”, analisou Becker, comparando o feito de Gauff à vitória de Sinner sobre o espanhol Carlos Alcaraz em Miami.

“Ela tem uma grande personalidade, com muito carisma, vem dos Estados Unidos, que é a terra prometida do tênis, onde há o maior número de grandes torneios. A cena feminina precisa de uma superestrela e vou dizer que Coco Gauff é uma delas”, finalizou o alemão.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE