PLACAR

Baran ganha 2 medalhas no Pan de Beach Tennis

André Baran e Allan Oliveira (Divulgação)

Iquique (Chile) – O catarinense André Baran, número 1 do Brasil no beach tennis, conquistou duas medalhas no Pan-Americano da modalidade, disputado em Iquique, no Chile.

Ao lado de Vitória Marchezini, ele comemorou o título nas duplas mistas jogando contra Daniel Mola e Sophia Chow, em decisão brasileira no torneio. Baran e Marchezini marcaram 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 10-1.

Mais cedo, Baran e o paulista Allan Oliveira conquistaram a medalha dé ouro nas duplas masculinas. Eles derrotaram os venezuelanos Ramon Guedez, o ‘Nacho’, e Carlos Vigon por 7/6 e 6/3, na final deste domingo.

Número 4 do mundo, Baran fez um balanço muito positivo do Pan, comemorando o ouro duplo. “Muito feliz. O Brasil sempre chegando. Amo dupla mista. Eu e a Vitória estamos super bem juntos. Fizemos um primeiro set muito bom, no segundo eles aproveitaram as chances e buscamos alinhar para o match tie-break. Quero agradecer a toda a equipe do Brasil, a união de todos e agora vamos com tudo para o Mundial em dezembro, contando sempre com a torcida, jogando em casa”, destacou Baran. Após o Pan, Baran irá disputar a Copa do Mundo da categoria, de 5 a 10 de dezembro, em Maresias, no litoral norte de São Paulo.

Neste ano, Baran defendeu o Brasil também nos Jogos Sul-Americanos de Praia, na Colômbia, comemorando duas medalhas de ouro, no mês de julho – na dupla masculina, com Allan Oliveira, e na dupla mista, com Vitória Marchezini. E, após o Pan, voltará a vestir a camisa brasileira na Copa do Mundo de Beach Tennis, de 5 a 10 de dezembro, em Maresias, no litoral norte de São Paulo.

O Pan-Americano de Beach Tennis começou a ser realizado em 2013, somente com a categoria Profissional. O Juvenil teve início em 2017 e o Brasil fez sua estreia em 2018. Na edição do ano passado, o Brasil conquistou a maioria dos títulos, com 13 medalhas de ouro e 10 de prata.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE