PLACAR

Baez: “Estou crescendo e fico feliz por ter uma partida a mais”

Sebastian Baez (Foto: Fotojump)

Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) – Primeiro a garantir lugar na final do Rio Open, o argentino Sebastian Baez comemorou muito sua classificação para a maior decisão da carreira. Em busca de seu maior título, ele está feliz com seu desempenho na temporada sul-americana e acredita que está jogando cada vez melhor.

“Primeiro estou contente por estar na final, creio que vem sendo uma boa semana, e uma boa temporada na qual venho somando boas sensações. Estou crescendo e fico feliz por ter uma partida a mais para jogar”, disse o argentino depois de bater o compatriota Francisco Cerúndolo na semi.

Baez contou que o começo de jogo foi bastante complicado porque os dois se conhecem muito bem, mas que depois aproveitou melhor as chances para deslanchar. “Ambos tivemos muitas chances de ficar uma quebra na frente. Ele teve chance de me quebrar no 5/4, mas me recuperei bem e no segundo set aproveitei as oportunidades que ele me deu e esta foi a diferença”

Questionado sobre o bom desempenho dos argentinos na competição, com três dos quatro finalistas, Baez destacou o bom momento dele e de seus compatriotas. “Temos muitos jogadores bons, é um momento em que estamos aproveitando para fazer bons jogos”, observou o número 30 do mundo. “

“Gosto de jogar no Rio e de vir ao Brasil, tenho membros da equipe em comum com Wild e já viemos treinar aqui. Quando não há um brasileiro eu sinto um local e a torcida tem se portado muito bem comigo. Espero que Mariano (Navone) ganhe para termos uma final entre argentinos, mas também me dou bem com Cameron (Norrie). Que ganhe o melhor”, complementou.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
4 meses atrás

Estes cabras arrogantes na final. Credo! ATP500 Rio foi um desastre.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE