PLACAR

Azarenka supera marca de Graf no Australian Open

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – A bielorrussa Victoria Azarenka chegou a uma marca importante nesta terça-feira ao triunfar em sua estreia no Australian Open. A vitória por 2 sets a 1 contra a perigosa italiana Camila Giorgi, com parciais de 6/1, 4/6 e 6/3, depois de 2h26 de partida, foi a sua 48ª na competição, deixando para trás uma marca da alemã Steffi Graf.

Quatro vezes campeã em Melbourne (1988, 1989, 1990 e 1994), a alemã soma 47 vitórias no torneio, sendo ultrapassada agora por Vika, que se tornou isoladamente a sexta que mais triunfos conquistou no Australian Open, onde tem dois títulos, o primeiro deles em 2012, sobre a russa Maria Sharapova, e o segundo em 2013, sobre a chinesa Na Li.

“Tenho grandes memórias daqui, sempre quero jogar meu melhor, tenho um enorme apoio e quero continuar fazendo bonito”, destacou a bielorrussa na entrevista em quadra. Sua próxima adversária será a jovem dinamarquesa Clara Tauson, que derrotou a belga Greet Minnen na estreia com duplo 7/5.

Apesar da vitória, Vika não saiu muito contente com seu desempenho em quadra. “Definitivamente é um desafio começar o torneio enfrentando Camila, que é uma grande jogadora, já chegou na segunda semana aqui e pode bater qualquer uma. Sinto que não joguei o meu melhor, mas consegui achar meu caminho e sair com a vitória”, analisou

“Primeiro jogo de Grand Slam é sempre nervoso para mim, espero melhorar daqui para frente”, acrescentou a bielorrussa, que lamentou a queda de rendimento na partida. “No segundo set eu fiquei muito focada no fato dela ter começado a jogar melhor, não devia ter feito isso porque assim perdi meu momento, mas joguei melhor de novo no terceiro”, falou a ex-número 1 do mundo.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

AZARENKA é sempre um perigo jogando na AUSTRÁLIA… Seria muito interessante um confronto IGA X AZARENKA…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE