PLACAR

Azarenka reage, Pegula e Venus conhecem rivais

Foto: Jimmie48/WTA

Cincinnati (EUA) – Bicampeã do WTA 1000 de Cincinnati nos anos de 2013 e 2020, Victoria Azarenka conseguiu uma importante vitória na estreia nesta terça-feira. A ex-número 1 do mundo e atual 18ª do ranking passou pela tcheca Barbora Krejcikova, 11ª colocada, por 6/3 e 7/5 em 1h50 de partida.

Depois de dominar o primeiro set e conseguir duas quebras na parcial, Azarenka foi muito mais exigida no segundo set. Ela chegou a estar perdendo por 5/2, mas reagiu e fez cinco games seguidos para fechar a partida em sets diretos. Krejcikova até fez mais winners na partida, 14 a 10, mas cometeu 33 erros contra só 20 da bielorrussa.

Para Krejcikova, este foi primeiro torneio desde Wimbledon. A tcheca havia se afastado do circuito por conta de lesão no tornozelo. Ela também jogará duplas em Cincinnati, ao lado da habitual parceira Katerina Siniakova.

A adversária de Azarenka na segunda rodada virá do jogo entre a norte-americana Jennifer Brady e a croata Donna Vekic. A ex-líder do ranking tem apenas uma vitória em três partidas contra Vekic. Já um eventual duelo com Brady seria inédito no circuito.

Quem já tem adversária definida para a segunda rodada é Jessica Pegula. Vinda de título em Montréal no último domingo, a número 3 do mundo encara a italiana Martina Trevisan, 63ª do ranking, que evitou um duelo norte-americano ao superar Bernarda Pera por 3/6, 6/1 e 6/2. Pegula venceu os dois duelos anteriores contra Trevisan no circuito, ambos na atual temporada.

Já a também anfitriã Venus Williams, que havia vencido a 16ª do ranking Veronika Kudermetova na estreia, enfrentará na segunda rodada a jovem chinesa de 20 anos Qinwen Zheng, 24ª colocada, que bateu a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich por 6/1 e 6/4. O confronto é inédito para a ex-número 1 do mundo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE