PLACAR

ATP oficializa mudanças e “mata” tradicional torneio

Foto: HALL OF FAME OPEN

Londres (Inglaterra) – Conforme havia adiantado os franceses do L’Equipe um mês atrás, nesta quarta-feira a ATP oficializou as mudanças no circuito previstas para 2025, destacando que Dallas, Doha e Munique serão elevados ao status de ATP 500.

Porém, o “conjunto sem precedentes de reformas para fortalecer o calendário do tênis” alardeado pela ATP trás também o fim de três ATP 250. Os torneios de Newport, Atlanta e Lyon desaparecerão do calendário e terão sua despedida do circuito em 2024.

Entre os eventos que deixarão de existir em 2025, destaque para Newport, tradicional evento norte-americano, que fecha a temporada de grama. O torneio acontece na sede do Hall da Fama do Tênis Internacional, que agora busca soluções para seguir com o tênis em suas quadras.

“O tênis de classe mundial faz parte da estrutura de Newport há quase 150 anos e continuará a ter uma presença contínua no Hall da Fama do Tênis Internacional”, disse o presidente da instituição Dan Faber.

“Estamos explorando ativamente as oportunidades para sediar novos eventos de tênis profissional em Newport. Além disso, continuaremos a fortalecer a nossa programação digital, a experiência do museu e do visitante, a presença mundial e a apresentação de entrada no Hall da Fama”, acrescentou.

ATP enaltece novos torneios 500

A mudança no calendário, segundo a ATP, com três novos torneios de nível 500, trará benefícios para fãs e jogadores, com mais ação e oportunidades de jogo em eventos maiores. “Marca o mais recente movimento da ATP para melhorar o calendário do esporte e o produto premium”, defendeu a entidade.

Cada um dos três torneios oferecerá aproximadamente US$ 2,8 milhões em prêmios em dinheiro a partir de 2025 e contribuirá para um conjunto crescente de bônus ATP 500. No total, as três atualizações proporcionarão aproximadamente US$ 51,7 milhões em compensação adicional aos jogadores durante um período de cinco anos.

“O objetivo é elevar o nível do tênis e desbloquear novos investimentos. Estamos entusiasmados por ver Dallas, Doha e Munique alcançar o status ATP 500, proporcionando padrões aprimorados para os jogadores e, o mais importante, um produto melhor para nossos fãs”, afirmou Andrea Gaudenzi, presidente da ATP.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE