PLACAR

Argentinos já garantem um finalista em Buenos Aires

Facundo Diaz Acosta (Foto: Roby Comby/IEB+ Argentina Open)

Buenos Aires (Argentina) – Assim como aconteceu na semana passada em Córdoba, o ATP 250 de Buenos Aires também terá um tenista argentino na final. Isso porque Federico Coria e Facundo Diaz Acosta venceram seus jogos na abertura da rodada das quartas e vão se enfrentar em uma das semifinais de sábado. Acosta venceu o único duelo anterior de nível ATP, justamente na capital argentina no ano passado, enquanto Coria venceu dois encontros em torneios challenger.

Canhoto de 23 anos e convidado para o torneio, Acosta chega pela primeira vez a uma semifinal de ATP, depois de ter alcançado as quartas na semana passada. O atual 87º do ranking venceu nesta sexta-feira o sérvio Dusan Lajovic por 6/4 e 6/3 em 1h23 de partida.

Medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o jovem argentino é concorrente direto de Thiago Monteiro por vaga nos Jogos Olímpicos de Paris. Acosta é hoje o número 5 da Argentina e só fica fora dos Jogos se quatro tenistas do país estiverem na zona de classificação para os Jogos após Roland Garros, quando será divulgado o ranking base de classificação. Se o limite de jogadores por país for atingido, a vaga do Pan pode ir para o medalhista de bronze (no caso, Monteiro), seguindo os critérios já adotados na edição passada dos Jogos, em Tóquio. Lembrando ainda que o cearense tem também a chance de se qualificar diretamente pelo ranking, como já aconteceu no Japão.

Adversário de Acosta na semifinal, Federico Coria alcança sua segunda semifinal seguida e ainda persegue seu primeiro título de ATP aos 31 anos, tendo já disputado duas finais. Nesta sexta-feira, o atual 106º do ranking venceu um duelo argentino contra o cabeça 5 do torneio Sebastian Baez, 30º do mundo, por 6/1 e 6/4 em 1h28 de partida.

A rodada das quartas de final continua nesta sexta-feira às 18h30 (de Brasília) com a presença do espanhol Carlos Alcaraz, principal cabeça de chave a atual campeão do torneio, que enfrenta o italiano vindo do quali Andrea Vavassori. Na sequência, Tomas Etcheverry tenta ser o terceiro argentino na semi e enfrenta o chileno Nicolas Jarry.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luiz Correia
Luiz Correia
5 meses atrás

Que inveja do tênis argentino! Eles fazem torneios em casa e sempre emplacam 3, 4 ou 5 tenistas entre os 8 finalistas. Já por aqui, nunca passam nem das oitavas de final…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE