PLACAR

Apostas e suborno: tenista espanhol é suspenso por 15 anos

Foto: Canva Pro

Londres (Reino Unido) – A Agência Internacional para a Integridade do Tênis (ITIA) divulgou nesta terça-feira que o tenista espanhol Aaron Cortes Alcaraz foi suspenso por um período de 15 anos após ter violado 35 itens do Programa Anticorrupção do Ténis (TACP). Atualmente sem ranking, o jogador de 29 anos de idade teve como melhor marca da carreira o 955º lugar, em 2017.

Após uma investigação minuciosa conduzida pela ITIA e autoridades, Cortes admitiu ter infringido as regras do TACP entre 2016 e 2018, incluindo planejar o resultado de jogos para ganhar dinheiro, deixar de denunciar abordagens corruptas, apostar em partidas de tênis e subornar dirigentes de torneios em troca de wild cards (convites). O jogador foi multado em US$ 75 mil, dos quais US$ 56,2 mil foram suspensos.

O espanhol cooperou plenamente com a investigação da ITIA e aceitou uma sanção acordada, renunciando ao seu direito a uma audiência perante um auditor anticorrupção independente. O período de inelegibilidade do atleta começou em 27 de março de 2024 e termina à meia-noite de 26 de março de 2039.

Durante a suspensão, Cortes está proibido de jogar, treinar ou participar de qualquer evento de tênis autorizado ou sancionado pelos membros da ITIA (ATP, ITF, WTA, Tennis Australia, Federação Francesa de Tênis, Wimbledon e USTA) ou qualquer associação nacional.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Nilton
Nilton
1 mês atrás

Parente do Carlito?

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE