PLACAR

Após dois adiamentos e troca de rivais, Stefani avança em Cincinnati

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) – Inicialmente marcada para segunda-feira, a estreia de Luísa Stefani na chave de duplas do WTA 1000 de Cincinnati só aconteceu nesta quarta e com mudança das adversárias. Stefani e a russa Anastasia Pavlyuchenkova venceram Ekaterina Alexandrova e Aliaksandra Sasnovich, que entraram na chave como alternates, por 6/2 e 6/0 em apenas 1h de jogo.

O sorteio da chave previa um confronto com a russa Anastasia Potapova e a norte-americana Bethanie Mattek-Sands. Há dois dias, a rodada terminou mais cedo por conta da chuva. Já na última terça, por conta do acúmulo de jogos atrasados em simples, houve um novo adiamento de várias partidas de duplas. Na tarde desta terça, Potapova e Mattek-Sands se retiraram do evento.

Stefani e Pavlyuchenkova enfrentam nas oitavas a taiwanesa Su-Wei Hsieh e a chinesa Xinyu Wang, campeãs de Roland Garros e cabeças 6 em Cincinnati, que bateram a russa Anna Blinkova e a francesa Varvara Gracheva por 6/0 e 6/1

Melhor brasileira no ranking de duplas da WTA, ocupando atualmente o 16º lugar, Luísa Stefani faz sua terceira participação em Cincinnati. O melhor resultado foi a final em 2021, ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. A paulistana de 26 anos não disputou a edição passada por lesão no joelho.

A parceria com Pavlyuchenkova é pontual para Stefani, que jogou na semana passada com a tcheca Katerina Siniakova, número 1 de duplas, em Montréal. Já no US Open, ela jogará ao lado da norte-americana Jennifer Brady.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE