PLACAR

Após 6h de espera, Iga repete vitória contra Muchova e sustenta o nº 1

Foto: Jimmie48/WTA

Montréal (Canadá) – Assim como havia acontecido na final de Roland Garros, Iga Swiatek voltou a superar Karolina Muchova para chegar às quartas de final do WTA 1000 de Montréal. E novamente a polonesa precisou de três sets para vencer a tcheca, com parciais de 6/1, 4/6 e 6/4. A partida teve duas interrupções por chuva, com 2h47 de tempo em quadra e mais de 6h de espera.

A difícil vitória nesta quinta-feira também foi fundamental para que Swiatek sustente a liderança do ranking mundial. Ameaçada por Aryna Sabalenka, ela precisava chegar às quartas para não correr riscos. A jovem de 22 anos irá para sua 72ª semana como número 1 do mundo, ultrapassando a marca de Caroline Wozniacki para se tornar a décima jogadora com mais tempo no topo do ranking.

A adversária de Swiatek nas quartas de final virá da partida entre a canadense Leylah Fernandez e a norte-americana Danielle Collins, que encerram a programação da quadra central em Montréal. A número 1 do mundo venceu os dois jogos que fez contra Fernandez e lidera o histórico contra Collins por 2 a 1.

Apesar do placar dilatado no primeiro set, a parcial foi marcada por games longos e oportunidades para os dois lados. Exemplo disso que Swiatek precisou salvar quatro break-points, fechando a porta com o saque nos momentos mais importantes.

Jogadora mais agressiva em quadra, mas ainda com momentos de oscilação, ela criou sete chances de quebra em quatro games diferentes para aproveitar duas dessas chances. A polonesa fez 6 a 5 nos winners e cometeu 14 erros contra 18.

O segundo set começou melhor para Muchova, que vinha confirmando seus games de saque de forma mais tranquila e conseguiu uma quebra para liderar por 4/1. Swiatek conseguiu voltar para o jogo depois de um game com boas devoluções. Mas a polonesa seguia muito instável no saque e permitia à tcheca atacar seu segundo serviço. Muchova fez 5/3, foi quebrada ao sacar para o set, mas contou com um game de muitos erros da número 1 do mundo para empatar a partida. Durante a parcial, a líder do ranking cometeu 20 erros contra 13 da tcheca.

As jogadoras foram ao vestiário no intervalo entre o segundo e o terceiro set e começou a chover. Na volta, a árbitra brasileira Paula Vieira comunicou às atletas a suspensão da partida. Elas esperaram por 3h30 e voltaram à quadra para disputar apenas um game. Foi o suficiente para que a polonesa conseguisse uma quebra de serviço antes da nova paralisação por chuva.

Na volta, Swiatek conseguiu sustentar a liderança no placar, mesmo com games longos e escapou de dois break-points com golpes potentes de fundo, atacando as paralelas. Muchova, que é uma jogadora que tem muitas variações, usando slices, curtas e subidas à rede, arriscou até saque e voleio algumas vezes e mantinha o equilíbrio da partida.

Mas o bom desempenho no saque foi fundamental para conseguir a difícil vitória em três sets. Swiatek liderou nos winners por 37 a 26, mas cometeu 53 erros contra 43 de Muchova. A partida teve oito quebras de serviço, 5 a 3 para a polonesa.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE