PLACAR

Aliassime: “Federer é um cara incrível dentro e fora da quadra”

Foto: Jon Super/AELTC

Londres (Inglaterra) – Depois de um período de baixa, chegando a ficar fora do top 30 por algumas semanas neste ano, o canadense Félix Auger-Aliassime vem aos poucos recobrando seu melhor tênis. Atual 17 do mundo, ele fez uma boa temporada de saibro, com vice em Madri, quartas em Munique e oitavas em Roland Garros, e espera trazer a confiança em alta para a disputa de Wimbledon.

“Foi um ano difícil para mim, mas agora estou de volta entre os 20 primeiros, venci partidas consecutivas e sinto que estou cada vez mais perto de onde quero estar. Estou de volta aqui em Wimbledon, adoro este torneio e meu sonho é ganhar aqui um dia, mas a temporada de grama é muito curta e isso é difícil”, afirmou o canadense entrevista ao Tennis365, contente com seu momento.

Aliassime também falou sobre o privilégio de poder acompanhar o Big 3 de perto e destacou principalmente a figura do suíço Roger Federer. “Todos os três são incríveis à sua maneira. Quanto a quem é mais difícil de jogar, depende da superfície e de alguns outros fatores. Roger é aquele que realmente consegue acabar com você em uma hora e você nem sente que jogou mal”, comentou.

“Aí você vê o Rafa (Nadal) no saibro e esse é o maior desafio que existe no nosso esporte. Eu também adoro a mentalidade dele, todos deveriam aspirar a isso. Temos sorte de ter esses três grandes campeões em nosso esporte, mas eu amo Roger. Ele é de pura classe, um cara incrível dentro e fora da quadra, sempre foi muito gentil comigo. Conheceu minha família e sempre  lembrava de todo mundo”, falou Aliassime.

Para o canadense, o italiano Jannik Sinner e o espanhol Carlos Alcaraz mostram que podem dominar o circuito nos próximos anos. “Pode-se dizer que agora está bem mais aberto depois dessa época em que três ou quatro dominaram tanto, mas ao mesmo tempo temos dois caras que também estão se separando do resto do grupo”, analisou o tenista de 23 anos.

“Todo o crédito para Carlos e Jannik, porque eles têm jogado um tênis incrível e cabe a nós alcançá-los. Carlos é uma espécie de prodígio e a progressão de Sinner tem sido fantástica, com todo o mérito para ele e sua equipe. Espero poder seguir o mesmo caminho e competir pelos grandes títulos”, finalizou o atual 17 do mundo.

18 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
marco
marco
15 dias atrás

Federer realmente é incrível, foi um jogador extraordinário , ver o Roger jogar enchia os olhos e deixou muitas saudades .

André
André
15 dias atrás

Primeira entrevista em Wimbledom alguém dirá: “não sei o que mais preciso fazer pra ser reconhecido e amado como o grande campeão que sou”

Marcos RJ
Marcos RJ
15 dias atrás
Responder para  André

WimbledoN

Carlos
Carlos
15 dias atrás

Não pode falar de lobby aqui?! Comentário sempre barrado… Vergonha.

José Nilton Dalcim
Admin
14 dias atrás
Responder para  Carlos

Até pode, mas você falou que havia lobby… da Nike!!!!

Carlos
Carlos
14 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

E expliquei o motivo…
Amanhã ou depois o contrato dele com a Adidas se encerra. Não finja que não viu a outra parte. Aliás, não é a primeira vez que, de forma injustificável, meu comentário foi silenciado. Não entendo essa postura de um portal que se coloca como democrático. Espero que mudem essa postura.

José Nilton Dalcim
Admin
14 dias atrás
Responder para  Carlos

Segundo a redação, sua abordagem ficou um tanto sem pé nem cabeça, ao colocar que havia um conluio de marcas, sendo que nenhuma dessas marcas tem algo a ver com o Federer ou, pior ainda, entre o Federer e o Aliassime. Mas você tem razão. A redação deveria ter liberado e você que depois se explicasse sobre o comentário sem sentido. Asseguro que tal falha não irá se repetir.

Carlos
Carlos
13 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Conluio entre as marcas?
Parece que alguém está mentindo descaradamente.
Meu comentário foi simples, direto, e curto. Sem nada nesse sentido. Para que tanta distorção?
E ainda vem aqui para tentar constranger o usuário.
Agora passou a ser um problema de educação e respeito.

Que vergonha. Que decepção!

José Nilton Dalcim
Admin
13 dias atrás
Responder para  Carlos

Acho que você próprio não sabe o que escreveu, então. Você reagiu à notícia como um “lobby da Nike”, depois trocou pela Adidas, o que não faz nenhum sentido já que Federer teve um final de contrato litigioso com a Nike e Aliassime sempre foi Adidas, ou seja, não há menor relação entre uma coisa e outra. A notícia apenas retrata um elogio do canadense ao suíço. E não sei onde você viu falta de educação ou respeito. Ao contrário, foi por respeito que a redação preferiu tirar o comentário para evitar respostas atravessadas a seu comentário. Mas, conforme foi dito anteriormente, achei que foi uma falha da redação ter bloqueado o comentário e já te assegurei que isso não se repetirá.

Carlos
Carlos
14 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Por óbvio, que as duas gigantes mundiais do fornecimento esportivo são Adidas e Nike. E todos os jogadores tem agentes e assessoria. Achei desnecessário ter que descer a miúdos. Que desagradável!

Rockton
Rockton
15 dias atrás

Aí o Djockovid pira. Conseguiu recordes de títulos, mas carisma zero. Aí piorou tudo com o negacionismo de vacinas. Aí piorou tudo, além dos que APENAS não torciam por ele, aumentou exponencialmente os que torciam contra ele.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
15 dias atrás
Responder para  Rockton

Será que é mais importante obter títulos e recordes ou ter a simpatia de Rockton?
Ó dúvida cruel!

André
André
14 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Depende da pessoa, djocovid claramente trocaria todos seus Slams por ser amado como FedEx, ele já deixou isso claro em várias entrevistas.

Joselito
Joselito
14 dias atrás
Responder para  André

Acho totalmente o contrário. Se quisesse ser amado, seria só não ser autêntico, como fez Roger e Rafa durante suas carreiras.

André
André
14 dias atrás
Responder para  Joselito

Acho que Roger e Rafa são autênticos e amados e a frustração do djoko é exatamente essa, teve que se moldar e não foi amado. Foi autêntico e não foi amado, ganhou mais Slams e não foi amado. Isso acaba com ele.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
14 dias atrás
Responder para  André

Acorda rapaz. Em qualquer esporte, o que conta são os feitos. Djoko, Federer e Nadal sempre tiveram como ambição obter todos os recordes do tênis. Os fãs da dupla perdedora, Fedal, agora inventam essa baboseira de carisma, etc.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
14 dias atrás
Responder para  André

A mulher de Federer vestiu uma camisa com a palavra goat. Será que ela homenageou Djoko? rs

André
André
14 dias atrás
Responder para  Rockton

Eu acho que começou a ficar pior pra ele quando todo tipo de chorume moral e ético começou a apoia-lo só porque ele eh negacionista. Ele levantou uma bandeira e não contava que muitos se aproximariam dele por isso. Pra alguém que implora por amor, realmente não foi um bom caminho.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE