PLACAR

Algozes de Stefani, Hsieh e Mertens vão para a final

Elise Mertens e Su-Wei Hsieh (Foto: Jimmie48/WTA)

Melbourne (Austrália) – Responsáveis pela eliminação da paulstra Luis Stefani nas quartas, as cabeças de chave número 2, a taiwanesa Su-Wei Hsieh e a belga Elise Mertens, garantiram vaga na final de duplas ao vencer uma semifinal emocionante contra a australiana Storm Hunter e a tcheca Katerina Siniakova com parciais de 7/5, 1/6 e 6/3.

Sob o teto fechado na Margaret Court Arena, Hsieh e Mertens levaram 2h35 minutos para superar a terceira dupla mais bem cotada ao título. Elas demonstraram um grande trabalho em equipe que lhes rendeu o título de Wimbledon de 2021.

“É um pouco diferente porque não jogamos (juntas) há alguns anos. Mas eu sei o que ela está fazendo, porque eu estava assistindo em casa pela TV. Tenho uma TV grande para ter certeza de seguir todas as garotas”, brincou Hsieh. “Às vezes eu também sei o que ela está fazendo”, continuou Mertens, rindo.

Mertens está a uma vitória de seu quarto título de Grand Slam em duplas femininas e do segundo no Australian Open, onde foi campeã em 2021 com a bielorrussa Aryna Sabalenka. Hsieh ganhou seis títulos de Slam nas duplas, incluindo dois no ano passado, mas ainda não venceu em Melbourne. Seu melhor resultado na Austrália foi um vice-campeonato ao lado de Barbora Strycova em 2020.

A segunda semifinal, que acontecerá na sexta-feira, determinará as adversárias de Hsieh e Mertens na final. Suas rivais sairão do duelo entre as cabeças de chave número 11, a ucraniana Lyudmyla Kichenok e a letã Jelena Ostapenko, e a quarta dupla mais bem cotada ao título, formada pela canadense Gabriela Dabrowski e a neozelandesa Erin Routliffe, campeãs do US Open no ano passado.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sergio
Sergio
26 dias atrás

Para mim, essa é a melhor dupla feminina do momento. A belga e a taiwanesa são a melhor dupla do mundo atualmente.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE