PLACAR

Alexandrova chega à semi com bons números contra top 10

Ekaterina Alexandrova (Foto: Maria Christina Acosta)

Miami (EUA) – Uma das sensações desta edição do WTA 1000 de Miami, a russa Ekaterina Alexandrova não apenas deixou pelo caminho duas top 10 para chegar às semifinais, batendo a polonesa Iga Swiatek e a norte-americana Jessica Pegula, mas também superou outras duas rivais complicadas: a compatriota Anastasia Pavlyuchenkova e a croata Donna Vekic.

Atual 16 do mundo, a russa de 29 anos ostenta um bom histórico contra o atual top 10 da WTA, com 25 vitórias e 27 derrotas. Alexandrova inclusive já conseguiu derrotar pelo menos uma vez todas as 10 mais bem colocadas no momento, sendo seu melhor retrospecto contra a tunisiana Ons Jabeur (6 a 2).

Em contrapartida, o pior histórico de Alexandrova é contra a grega Maria Sakkari (1 a 6). Ela já bateu a número 1 do mundo duas vezes na carreira, perdendo outras três, e também tem bons números contra a bielorrussa Aryna Sabalenka, atual número 2 do mundo, contra quem jogou seis vezes, com três triunfos para cada lado.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE