PLACAR

“Alcaraz pode ser o próximo Djokovic”, afirma Wilander

Foto: Corinne Dubreuil / FFT

Paris (França) – Mais jovem número 1 do mundo e desde o domingo passado também o mais jovem a conseguir vencer títulos de Grand Slam em três pisos diferentes, o espanhol Carlos Alcaraz é um dos grandes prodígios da história do tênis. Seu começo de carreira avassalador empolga muitos nomes de peso, como o sueco Mats Wilander e o britânico Tim Henman.

Em comentários ao canal Eurosports, ambos apostam que o jovem espanhol tem boas chances de vencer pelo menos uma dezena de Grand Slam. “Eu o vejo chegando a pelo menos a 9 ou 10 títulos”, afirmou o sueco. “Sim, acho que ele pode ganhar 9 ou 10”, confirmou o britânico.

“Outros jogadores chegarão ou progredirão, mas seu jogo é tão completo, seu potencial atlético tão incrível e seu espírito competitivo tão alto. Vai ser fascinante vê-lo evoluir”, acrescentou Henman, que aposta em uma concorrência grande para o espanhol nos próximos anos.

Wilander foi um pouco mais longe em seu comentário e se entusiasmou com o que o atual número 2 do mundo pode atingir no decorrer de sua carreira. “Com Alcaraz, não estamos apenas a falar de um vencedor múltiplo de Grand Slam, ele pode ser o próximo (Novak) Djokovic”, observou o sueco, confiante que o espanhol possa brigar pelos maiores recordes do tênis.

29 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leonardo
Leonardo
1 mês atrás

Acho essas comparações altamente prejudiciais aos jogadores e ao tenis. Alcaraz não vai ser o proximo Nadal, ou proximo Federer, ou Djokovic. Como Federer não foi o proximo Sampras, nem Djokovic foi o proximo Federer. Alcaraz será o proximo Alcaraz. Se ele vai alcançar ou romper os records absurdos do Djokovic, ou não é outra coisa. Vamos saber em 12 a 15 anos. Alcaraz é jovem, tem uma curta carreira incrivel, mas de 3 a 24GS aindá é uma distancia enorme. Muitas coisas podem acontecer. Lesões, desmotivação, outro jogador pode surgir alem de Sinner e dos que estão aí. Deixa o garoto fazer sua propria historia. E não se apropriar da historia de Djokovic, que é a dele, de ninguém mais.

Felipe
Felipe
1 mês atrás
Responder para  Leonardo

São inevitáveis. O profissional tem que saber muito bem conviver com isso, faz parte do sucesso , ainda mais o precoce. São muito bem assessorados, preparados. Eu particularmente acho que ele passará dos 15GS … depois vamos ver …. pode surgir outros Alcaraz ao longo dos anos… São vários fatores pelo futuro.

Fernando Romero
Fernando Romero
1 mês atrás
Responder para  Leonardo

Eu não diria prejudiciais, mas sem sentido. Como comparar Maria Ester Bueno com Iga Swiatek? Preparação física diferente, equipes de apoio melhoradas, material de jogo diferente, estádios diferentes. Uma perda de tempo.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
1 mês atrás

Interessante. Goatkovic já é o parâmetro de comparação para todo aquele que deseja ser o maior de todos no tênis. Algo parecido ocorre no futebol, pois toda nova grande estrela é comparada ao goat Pelé.

Ronildo
Ronildo
1 mês atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Sim, em termos de números, Djokovic é um parâmetro, um alvo para ser alcançado.

Gilvan
Gilvan
1 mês atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Na verdade, a comparação mais próxima seria com o Daniel Alves, o jogador profissional que mais conquistou títulos ao longo da carreira em toda a história. Aliás, a comparação entre Daniel Alves e Djoko não seria tão equivocada.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
1 mês atrás
Responder para  Gilvan

Verdade. Daniel Alves é igual a Djoko em finais de Big Tigles: sempre fez gols decisivos em finais e ganhou inúmeras bolas de ouro rs

Cadu
Cadu
1 mês atrás
Responder para  Gilvan

Ridícula a comparacao ! Esporte individual nao tem nada a ver c coletivo … ninguem te carrega nas costas

Gilvan
Gilvan
1 mês atrás
Responder para  Cadu

Já que compararam com o Pelé, um jogador de futebol, fiz questão de comparar o Djoko ao futebolista mais vencedor da história do esporte: Daniel Alves.
Como eu disse, é possível traçar vários paralelos entre as carreiras dos 2.

Piter Oliveira
Piter Oliveira
29 dias atrás
Responder para  Gilvan

Messi já tem mais títulos que o Daniel Alves…

Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás
Responder para  Gilvan

Não, Daniel Alves estaria mais para o Connors, jogador que mais conquistou títulos do tênis, embora apenas 35 fossem Big Titles. Nem isso o Federer conseguiu.

O GOAT dos esportes Djokovic é o Pelé/Messi e logo a obsessão de todos, pois é o recordista de Slams, Masters, Finals, Big Titles, semanas número 1, temporadas número 1, melhor temporada da história (2015), maior pontuação da ATP (16950), Triple Career Slam, Double Golden Masters, 4 Slams seguidos, maior percentual de vitórias contra top 5 e top 10, maior número de vitórias em Slam, número 1 mais velho da história etc etc.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Paulo Almeida

És o mais fanático de Todos e ao mesmo tempo o mais inseguro . Se morde pelo fato de Djokovic ainda não ser reconhecido “ goat “ de coisa alguma. Se continuar apanhando dos garotos ( últimos SEIS Torneios ZERO título ) , vai ficar onde está. O mais eficiente jogador da história e para por aí . Rsrsrs, Abs !

Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Já foi reconhecido como GOAT por praticamente todos os nomes importantes do tênis ou da imprensa nacional ou internacional. Ninguém cita o Terceirão. Fanático és tu que não aceita todos esses recordes citados e acha que semanas consecutivas vencem todos eles. Não adianta se morder e espernear no chão, rsrsrs.

O maior e melhor de todos os esportes obviamente é o mais vencedor, sinônimo de mais eficiente no caso. Jamais um menos eficiente será GOAT.

Sem choro e abs!

Gilvan
Gilvan
1 mês atrás

Vai ter gente puxando as calças pela cabeça, mas o Wilander só disse verdade. O circuito se encaminhou para a formação de hegemonias e não será diferente com o espanhol.

Lomenzo
Lomenzo
1 mês atrás

Engraçado que o Wilander tem 8 Grand Slams (7 em simples) e ganhou a maioria bem jovem, antes de fazer 21 anos ele já tinha quatro canecos na estante. Já o número 1 veio só aos 24. Alcaraz pode tanto ser como ele, como virar alguém como o big 3. Difícil prever.

Rogerio Silva
Rogerio Silva
1 mês atrás
Responder para  Lomenzo

Pensei no próprio Wilander ao ver o título da matéria.
Quando ele ganhou quase tudo em 1988 eu achei que ele seria o próximo Borg.
O caminho é muito longo,muita coisa pode acontecer!

Jonas
Jonas
1 mês atrás

Ou seja, o cara quer ser igual o GOAT.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás

como joga esse espanhol… creio que já pode ser considerado o 2º maior da história, abaixo apenas de Federer

Lee
Lee
1 mês atrás

Como que pode que ainda querem comparar essa geração atual com alguém do Big 3. Se surgir pelo menos mais uns 2 tenistas super habilidosos para competir com o Alcaraz talvez poderá ser comparado mas enquanto ele disputar torneios com adversários como Rud Tsitsipas Medevedev Zverev que já foram dominados pelo Djokovic o Alcaraz e o Sinner vão ganhar praticamente tudo. Se tivesse pelo menos 2 do Big 3 no auge hoje provavelmente Alcaraz e Sinner ainda não teriam ganho Grand Slam. Pra ver que o Djokovic já dominuoi todas as geração até essa atual pois ele com 36 anos derrotou em sequência no ato Finals os 2 melhores dessa geração agora ele com 37 anos já não vai mais conseguir competir em auto nível. Por isso acho absurdo querer comparar alguém dessa geração com o Djokovic, eles vão ter que provar muita coisa ainda. Se não tivesse o Nadal e o Djokovic o Federer ia ter bem mais de 30 Slam coisa que o Alcaraz vai pode alcançar se não aparecer nenhum adversário a altura.

Última edição 1 mês atrás by Lee
Leonardo
Leonardo
1 mês atrás
Responder para  Lee

Lee, da mesma forma que é prematuro já querer alçar Alcaraz ao status de futuro Goat, também é prematuro dizer que só se pode comparar se tivesse outros 2. Lembra que o Big 3 começou de fato em 2011, quando Djokovic começõu em 2011 quando Djokovic basicamente substituiu o dominio de Federer. Entre 2004 e 2010, Federe mais que tudo, e Nadal dividiram os titulos com Safin, Djokovic, Del Potro como excessões. No caso de Alcaraz, esse dominio nem começou, porque os titulos de 2022 e 23 estavam espremidos no dominio de Nadal e Djokovic. Pode ser que ele e Sinner passem a monopolizar os titulos, ou pode ser que não. O tempo vai dizer. Mas adversarios vão aparecer, além de Sinner

Marcos
Marcos
1 mês atrás

Caracas, então ele já é melhor que Federer e Nadal …

Luciano
Luciano
1 mês atrás

Realmente, não dá pra comparar nada! Nem o Djokovic imaginava ganhar 24 GS. Nem o Federer 20, enfim… É surreal o que eles conseguiram! Só o tempo dirá quantos GS esse garoto poderá ganhar! Eu, particularmente, não o vejo chegando onde chegaram Federer, Djokovic e o Nadal. Mas vai saber né!

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
1 mês atrás

Pelo que me lembro, dos títulos importantes conquistados pelo Alcaraz até agora, ele só conseguiu defender o Master 1000 de Indin Wells 2023, em que ele repetiu a dose em 2024. Os demais títulos importantes, o Alcaraz não conseguiu defender nenhum até agora. Vamos ver como ele se comporta quando tiver que defender os grandes títulos conquistados na temporada anterior. Se ele conseguir defender a maioria dos grandes títulos conquistados, terá grandes chances de chegar perto dos números do Big 3.

Will
Will
1 mês atrás

O que ele disse foi que nunca será um federer ou Nadal mas com muito esforço poderá sim superar o Djokovic que é bem mais fácil.

Rodri
Rodri
1 mês atrás
Responder para  Will

Sim. Ganhar 24 é mais fácil que ganhar 20. Como dizem, é melhor ver estas do que ser cego

Rafael Lucena
Rafael Lucena
1 mês atrás
Responder para  Will

24 > 22 > 20
Isso se aprende no ensino básico. Ele nunca será um Federer, Nadal, Djokovic, Sampras, Agassi, Borg etc, pq ele é o Alcaraz. Com muito esforço (e mantendo esse esforço e consistência por uns 15 anos) ele pode superar Djokovic, só que o mais fácil mesmo é superar o menor dos 3 que ”só” tem 20.

hyrata hykeno abe
hyrata hykeno abe
1 mês atrás

Só se inventarem um joelho de adamantium pro rapaz …

Neto
Neto
1 mês atrás

Pode mas é muito improvável porque cada jogador é único e sua trajetória também.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE