PLACAR

Alcaraz joga só 1h e avança com desistência

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nova York (EUA) – A partida de estreia de Carlos Alcaraz no US Open foi bastante abreviada e durou apenas 60 minutos. O atual campeão foi beneficiado pela desistência do alemão Dominik Koepfer, 75º do ranking, que torceu o tornozelo esquerdo ainda no game de abertura e passou pouquíssimo tempo em quadra, abandonando a partida quando o placar marcava 6/2 e 3/2 para o espanhol.

Alcaraz será ultrapassado por Novak Djokovic na liderança do ranking após o US Open, mas tem como principais fontes de motivação o terceiro título de Grand Slam com apenas 20 anos e um possível reencontro com o sérvio na final, após uma vitória na decisão de Wimbledon e uma derrota há nove dias em Cincinnati. Ele também pode ser o primeiro a defender o título em Nova York desde o pentacampeonato Roger Federer entre 2004 e 2008.

O próximo adversário de Alcaraz no US Open será o sul-africano Lloyd Harris, que venceu o argentino Guido Pella por 7/6 (7-5), 6/4 e 6/4. Harris, de 26 anos, é o atual 177º do ranking e tem como melhor marca da carreira o 31º lugar. O confronto entre eles é inédito no circuito.

No mesmo setor da chave, o britânico Daniel Evans derrotou o colombiano Daniel Galan por 6/4, 6/2 e 7/5. Ele enfrenta o holandês Botic Van de Zandschulp, que jogou só um set contra o australiano Jordan Thompson e fez 6/3 com uma lesão no tendão de aquiles.

Um lance ainda no primeiro game foi determinante para que o jogo terminasse tão rápido. Koepfer torceu o tornozelo e foi imediatamente atendido pela equipe médica do torneio. Com o pé bastante inchado e aparente dificuldade na movimentação, o alemão ofereceu pouca resistência no primeiro set, apesar de ter criado dois break-points. Alcaraz dominou os ralis de fundo e utilizou muito bem as curtinhas para conseguir duas quebras de serviço.

Koepfer conversava com sua equipe nas viradas de lado e relatou que dificilmente completaria a partida, mas continuaria o máximo que pudesse em respeito ao público no Arthur Ashe Stadium. Já no segundo set, Alcaraz confirmou dois games de saque de forma muito tranquila e voltou a quebrar para fazer 3/1. O canhoto alemão ainda jogou mais um game antes de se retirar do torneio.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE