PLACAR

Alcaraz e Medvedev decidem IW pelo 2º ano seguido

Foto: Getty Images/ATP Tour

Indian Wells (EUA) – Finalistas em 2023, Carlos Alcaraz e Daniil Medvedev decidirão o título do Masters 1000 de Indian Wells pelo segundo ano consecutivo. Depois de eliminarem Jannik Sinner e Tommy Paul, respectivamente, nas semifinais, o espanhol e o russo medirão forças pela sexta vez no circuito, a partir das 18h deste domingo, no horário de Brasília.

Nos cinco duelos anteriores, Alcaraz levou a melhor em três, todos no ano passado. Além da decisão na Califórnia, ele também triunfou na semifinal de Wimbledon e na fase de grupos do ATP Finals. Já Medvedev bateu o rival na segunda rodada do Grand Slam britânico em 2021 e na semi do US Open na última temporada.

Sem levantar um único troféu desde a conquista de Wimbledon, em julho de 2023, Carlos Alcaraz tentará ser o primeiro bicampeão consecutivo no deserto desde Novak Djokovic em 2014-15. Aquela havia sido a única vez em que uma final masculina se repetiu em duas temporadas seguidas no torneio, com o sérvio derrotando o suíço Roger Federer em ambas oportunidades.

Aos 20 anos de idade, o espanhol garantiu a manutenção do segundo lugar do ranking ao superar Sinner no confronto direto do último sábado. A última vez em que ele esteve fora do top 2 foi em setembro de 2022, antes de conquistar o título inédito do US Open e assumir liderança da ATP, posição que veio alternando com Djokovic nos últimos anos.

Esta será a 17ª decisão de Carlitos no circuito e a sexta em Masters 1000, com títulos em Miami (2022), Madri (2022 e 2023) e Indian Wells (2023), além de um vice-campeonato em Cincinnati na temporada passada.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Por sua vez, Medvedev fará sua décima participação numa decisão em nível 1000, o que o torna já o oitavo jogador que mais vezes disputou um título dessa categoria, empatado com Alexander Zverev, Thomas Muster e Gustavo Kuerten. Em caso de título, o russo completará o gabarito de conquistas em todos os Masters de quadra dura, depois de triunfar em Miami (2023), Canadá (2021), Cincinnati (2019), Xangai (2019) e Paris (2020).

Além disso, uma conquista do russo faria com que o torneio de Indian Wells tivesse pela primeira vez em sua história seis campeões inéditos em anos consecutivos. A série conta atualmente com os triunfos de Juan Martín Del Potro (2018), Dominic Thiem (2019), Cameron Norrie (2021), Taylor Fritz (2022) e Carlos Alcaraz (2023).

Em toda a carreira, Daniil já disputou 37 finais no circuito e conquistou 20 títulos, o último deles no saibro de Roma em maio do ano passado. Atualmente na quarta colocação do ranking, ele defende o vice-campeonato na Califórnia e, mesmo se for campeão, não ganhará posições na próxima segunda-feira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE