PLACAR

Alcaraz: “Dividir a quadra com Gael é sempre mais fácil”

Foto: Maria Christina Acosta

Miami (EUA) – O espanhol Carlos Alcaraz continua embalado nos torneios norte-americanos, depois do título em Indian Wells, ele já venceu mais duas no Masters 1000 de Miami, se garantindo nas oitavas de final. O último triunfo foi conquistado na segunda-feira, batendo em sets diretos o francês Gael Monfils, que recebeu muitos elogios do número 2 do mundo pelo seu estilo de jogo.

“É sempre bom dividir a quadra com alguém como Gael. Acho que ambos mostramos um grande nível de tênis, com ótimas jogadas durante a maior parte da partida. Para os fãs é excelente ver dois tenistas jogando tão bem e ao mesmo tempo entretendo os espectadores. Para mim foi uma boa partida, sinto que acertei bons golpes e me movi bem, então estou muito feliz com meu desempenho hoje”, disse Alcaraz.

“Nós dois tentamos sorrir o tempo todo, tentamos aproveitar o tênis a cada segundo quando temos que jogar uma partida. Graças a isso conseguimos um bom nível de jogo e um espetáculo para a torcida, algo que também é lindo de ver. Dividir a quadra com um jogador como o Gael é sempre mais fácil, ele te faz sorrir o tempo todo, é um jogador diferente dos demais”, acrescentou o jovem espanhol.

Depois de chegar aos Estados Unidos envolto por dúvidas, com um começo de temporada abaixo do esperado, Alcaraz venceu seus últimos oito jogos. “Estou muito feliz com o nível que estou apresentando até agora, feliz com as atuações que tive até agora. Estou me concentrando muito em jogar o máximo que puder neste nível, então é ótimo me sentir tão bem competindo, espero continuar”, comentou.

A busca da nona vitória consecutiva será contra o italiano Lorenzo Musetti, algoz do tenista da casa Ben Shelton. “Ele é um jogador muito talentoso, muito difícil de enfrentar, acho que tenho vantagem por 2 a 1 (no retrospecto), se não me engano. Quero muito jogar contra ele, vamos ver o que acontece”, finalizou o espanhol, que perdeu para Musetti em Hamburgo (2022) e o bateu em Roland Garros e Pequim, ambos em 2023.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Viviane
Viviane
22 dias atrás

Tinha tudo para ser um jogo mais legal ainda, não fosse a lesão do Monfils. Deu pra ver que o nível dele caiu bastante após o ocorrido. De qualquer forma, foi um bom jogo.

Luciano
Luciano
22 dias atrás

Monfils: talento e carisma!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE