PLACAR

Wild vira, é campeão e garante estreia no top 100

Foto: Challenger Citta' di Como

Como (Itália) – Cabeça de chave número 1 no challenger de Como, o paranaense Thiago Wild fez valer o favoritismo e conquistou neste domingo o título do torneio. Na final contra o espanhol Pedro Martinez, ex-top 40 e atual 132 do mundo, o brasileiro saiu atrás e deixou escapar o primeiro set, mas depois se recuperou e venceu com o placar final de 5/7, 6/2 e 6/3, em 2h52 de batalha.

Além da festa pela conquista, o quarto challenger da carreira e o terceiro da temporada, Wild vai comemorar também sua estreia no top 100. Atual número 1 do país e 106 do mundo, ele leva 75 pontos no ranking e com isso vai subindo provisoriamente para o 94º lugar na ATP, na lista que será divulgada após o US Open. Ele também sai do saibro italiano com uma premiação de 9.880 euros.

Depois de salvar dois break-points logo no terceiro game, Wild foi o primeiro a quebrar, abrindo 4/2 e saque. Só que o paranaense não sustentou a vantagem por muito tempo e já no game seguinte viu Martinez devolver o break. O espanhol foi superior na reta final, conseguiu nova quebra no 11º game e salvou um break-point em seguida para confirmar e abrir 1 set a 0.

Wild não se abateu com a desvantagem no placar e mostrou firmeza no começo da segunda parcial, salvando um break-point logo no primeiro game para conseguir a quebra no segundo e depois abrir 3/0. Aproveitando a queda de ritmo do espanhol, ele quase obteve nova quebra no quarto game e no sexto conseguiu bater o saque de Martinez mais uma vez para empatar a partida.

No terceiro e decisivo set, o brasileiro passou aperto no começo, salvando três chances de quebra logo no primeiro game e mais uma no terceiro. Depois de passar aperto, Wild respondeu com um break no quarto game, para marcar 4/1 em seguida. Bastou então administrar a vantagem até o final para concretizar a virada e conquistar o terceiro título de 2023.

O paranaense seguirá em solo italiano na próxima semana, onde vai disputar o challenger de Genova. Ele será o cabeça de chave 3 na competição e estreia contra o tenista da casa Riccardo Bonadio. Atual número 2 do país, o cearense Thiago Monteiro também joga o mesmo evento, é o quinto favorito e pega o local Stefano Travaglia na estreia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE