PLACAR

Wild vence mais uma e já está nas quartas de final

Foto: Challenger Citta' di Como

Gênova (Itália) – Campeão na semana passada em Como, o paranaense Thiago Wild continua vencendo no saibro italiano. Nesta quinta-feira, ele anotou a sétima vitória consecutiva e se garantiu nas quartas de final do challenger de Gênova, derrotando o tenista da casa Andrea Picchione, vindo do quali, com o placar final de 6/4, 7/6 (9-7), depois de 1h43de batalha.

Terceiro favorito ao título na competição, o paranaense já bateu dois italianos em sua campanha e pode ter um terceiro pela frente, caso Stefano Napolitano consiga superar o sévio Miljan Zekic, que entrou na chave como lucky-loser e na estreia surpreendeu o francês Benoit Paire, derrubando o cabeça de chave 6 de virada.

Atual número 1 do Brasil e 106 do mundo, Wild já assegurou sua estreia no top 100, mas com a sequência de vitórias se expandindo, ele vai subindo cada vez mais. O paranaense já está perto de entrar no top 90, alcançando provisoriamente o 92º lugar. Ele deverá chegar à 90ª colocação se vencer mais uma e pode até ser o 76º se for campeão.

O duelo foi bastante equilibrado e definido nos detalhes. No primeiro set, os dois sacaram muito bem e não houve um break-point sequer para qualquer um dos lados até o décimo game, no qual Picchione baixou o nível, enfrentou 0-40 e logo na primeira oportunidade cedida acabou amargando uma quebra que definiu o vencedor da parcial.

No segundo set a história foi parecida, novamente sem quebras até a reta final. Wild teve um match-point no décimo, mas o italiano salvou com o saque e logo em seguida quebrou o brasileiro. Só que Picchione falhou ao servir para fechar e foi quebrado de volta.

Veio então o tiebreak decisivo, em que o tenista da casa perdeu os quatro primeiros pontos, depois se recuperou e teve dois set-points, o segundo deles com o saque, mas não conseguiu convertê-los. Wild mostrou frieza no momento de maior pressão, saiu de 6-7 e dois saques para o rival, conseguiu dois mini-breaks seguidos e fechou com 9-7, garantindo seu sétimo triunfo consecutivo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE