PLACAR

Wawrinka e Monfils avançam e encaram favoritos

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) – Dois veteranos muito admirados pela torcida norte-americano, o suíço Stan Wawrinka e o francês Gael Monfils mostraram bom tênis e ótima forma física em suas estreias no US Open. Ambos, no entanto, terão agora de encarar cabeças de chave.

Wawrinka jogou durante a tarde local e superou um primeiro set exigente diante do canhoto japonês Yoshihito Nishioka, antes de finalizar a partida com as parciais de 7/6 (7-5), 6/2 e 6/4. Embora tenha acertado apenas 54% do primeiro saque, o campeão de 2016 disparou 12 aces e só permitiu um break-point.

O desafio agora é o argentino Thomas Etcheverry, embora o cabeça 30 tenha encarado cinco duríssimos sets diante do finlandês Otto Virtanen, vindo do qualificatório, e só passou com duros 6/3, 6/7 (3-6), 1/6, 6/4 e 7/6 (10-5).

Monfils começou em ritmo mais lento e encontrou o japonês Taro Daniel sempre muito bem adaptado ao piso duro. Daniel venceu por 6/4, mas permitiu virada por 6/4 e 6/2 antes de voltar a fazer um set muito bom e exigir o máximo de Monfils, que enfim completou a vitória no tiebreak, com 7-4. O francês anotou 24 aces.

A tarefa de Monfils é ainda mais complicada, já que duela com o russo Andrey Rublev. O cabeça 8 não andou bem nos Masters 1000, mas ele atingiu por três vezes as quartas do US Open, incluindo a do ano passado. Nesta terça, tirou o francês Arthur Cazaux, por 6/4, 7/6 (7-5) e 6/1.

Houve apenas dois confrontos entre Monfils e Rublev. O francês ganhou bem em Doha de 2018 e o russo venceu em Cincinnati de 2021 em dois tiebreaks.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE