PLACAR

Vondrousova confirma e Svitolina consegue virada

Foto: Mike Lawrence/USTA

Nova York (EUA) – Depois de conquistar seu primeiro Grand Slam na grama de Wimbledon, Marketa Vondrousova segue firme no US Open e marcou sua segunda vitória em sets diretos em Nova York. Agora número 9 do mundo, a tcheca venceu um duelo de canhotas contra a italiana Martina Trevisan, 58ª do ranking, por duplo 6/2.

Vondrousova colocou muita pressão sobre os games de saque de Trevisan, especialmente quando a italiana dependia do segundo serviço. Ela criou dez break-points e conseguiu cinco quebras, duas no set inicial e três na parcial seguinte, perdendo o saque apenas uma vez, quando já liderava o segundo set por 3/0.

Aos 24 anos, Vondrousova faz sua quinta participação no US Open e tem como melhor resultado as oitavas de final em 2018. Sua próxima rival será a russa Ekaterina Alexandrova, 20ª do ranking, que derrotou a ucraniana Lesia Tsurenko por 6/1 e 6/3. A tcheca lidera o histórico por 3 a 1, com direito a uma vitória no início deste ano em Adelaide.

Já a ucraniana Elina Svitolina encarou um jogo muito mais difícil, com 2h47 de duração para superar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 5/7, 6/4 e 6/4. Svitolina disparou 10 aces na partida, liderou nos winners por 41 a 31 e cometeu 36 erros contra 45 da rival. A ucraniana criou 15 break-points e conseguiu quatro quebras, perdendo apenas três games de serviço.

Aos 29 anos, Svitolina faz sua décima participação no US Open e tem como melhor campanha a semifinal em 2019. Ela ocupa atualmente o 26º lugar do ranking. Sua próxima adversária virá da partida entre a norte-americana Jessica Pegula, número 3 do mundo, e a romena Patricia Maria Tig, que encerram a programação desta quinta-feira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE