PLACAR

Victor Bini, de 20 anos, é suspenso por doping

Victor Bini (João Pires/Fotojump)

Londres (Inglaterra) – A Agência Internacional de Integridade do Tênis (ITIA) anunciou nesta sexta-feira que o brasileiro Victor Bini, de 20 anos e que tem apenas um ponto na ATP, está suspenso das competições por 13 meses por violar regras do antidoping. Segundo a entidade, o tenista já está cumprindo suspensão desde o dia 3 de outubro e será liberado em 2 de novembro de 2024.

Um exame de urina realizado no dia 26 de abril, durante o quali do ITF de Mogi das Cruzes, identificou metabólitos de clomifeno, substância antiestrogênica, banida pela Seção S4 da lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping (WADA).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

A defesa do tenista alegou contaminação de suplemento alimentar, produzido no Brasil por uma farmácia de manipução. Outros envios do jogador, incluindo fotografias tiradas do suplemento nos meses anteriores ao teste positivo para clomifeno, e um cronograma de seu uso, também foram recebidos pela ITIA.

A entidade consultou o laboratório credenciado pela WADA em Montreal, que confirmou que o resultado positivo era consistente com o argumento de Bini. Dadas as circunstâncias do caso, a ITIA aceitou que era mais provável que o suplemento fosse a fonte do clomifeno encontrado no organismo do jogador.

O programa Antidoping determina que seja imposta uma suspensão de quatro anos em casos intencionais, e de dois anos para casos não intencionais, com possíveis reduções dependendo do grau de culpa ou negligência do jogador. Neste caso, foi aceito que o jogador não teve culpa significativa por essa violação. A ITIA propôs, e Bini aceitou, um período de inelegibilidade de 13 meses.

Bini disputou apenas duas chaves principais de ITF na temporada, uma no Irã em julho e outra em Belém no mês de agosto, além de ter atuado em alguns qualis. Ele venceu seis jogos no ano, um deles em chave principal, ocupando atualmente o 1.782º lugar da ATP. Como juvenil, jogou só quatro torneios da ITF entre 2019 e 2020.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE