PLACAR

US Open marca recordes de público e audiência na TV

Nova York (EUA) – A edição de 2022 do US Open, encerrada no último domingo, apresentou recordes de público no torneio e audiência televisiva. Os números foram impulsionados pela despedida de Serena Williams e pela consagração de dois jovens campeões, Iga Swiatek no sábado e Carlos Alcaraz no domingo, além da presença do anfitrião Frances Tiafoe na semifinal.

Ao longo de duas semanas de competição das chaves principais, foram 776.120 torcedores circulando pelo complexo, superando a marca de 737.872 de 2019. Considerando também a Fan Week, quando aconteceram os treinos dos principais jogadores e também as partidas do quali, foram 888.044 torcedores, superando os 853.227 que estiveram no evento em 2019.

Segundo a organização do torneio, todas as sessões do Arthur Ashe Stadium foram inteiramente vendidas e o chamado Kids’ Day, realizado no sábado anterior ao torneio recebeu 35.525 pessoas nas instalações do torneio.

A partida entre Serena Williams e Ajla Tomljanovic, disputada em 3 de setembro e que marcou o fim da carreira profissional da vencedora de 23 títulos de Grand Slam, recebeu 23.859 fãs Arthur Ashe Stadium. E ao longo de toda aquela sexta-feira, circularam 72.039 pessoas por todo o complexo Billie Jean King em Nova York. A sessão diurna teve 42.202 pessoas, enquanto a rodada noturna recebeu 29.837 torcedores nas duas principais quadras do torneio.

A despedida de Serena também rendeu ótimos números para a TV norte-americana. De acordo com a ESPN local, este foi o jogo de tênis mais assistido da história da emissora, com 4,8 milhões de pessoas em média e picos de 6,9 milhões. O duelo teve 3h06 de duração.

Ainda de acordo com a ESPN, houve um aumento de 50% na audiência de TV em relação ao torneio de 2021 e a partida Carlos Alcaraz e Frances Tiafoe na última sexta-feira foi a nona maior audiência de tênis na história do canal e a semifinal mais assistida, com média de 2,96 milhões de telespectadores e pico de 3,6 milhões.

Sucesso de transmissão também na Polônia
Outro país que comemora uma grande audiência na TV é a Polônia, terra natal da número 1 do mundo Iga Swiatek. Transmitida pelo canal Eurosport, A vitória da número 1 do mundo sobre Ons Jabeur na final do último sábado foi o jogo de Grand Slam mais assistido na história do país, com mais de 3,13 milhões de telespectadores.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE