PLACAR

Tsitsipas: “Federer inspirou mais do que Djokovic”

Foto: Manuela Davies/USTA

Atenas (Grécia) – A eterna discussão sobre o maior de todos os tempos ganhou a ponderação do grego Stefanos Tsitsipas. Em entrevista ao jornal Kathimeriní, ele garantiu que o sérvio Novak Djokovic é insuperável quando o assunto são os números, mas destacou que há outros aspectos que podem ser considerados e que nestes o suíço Roger Federer também não tem concorrência.

“Se você olhar os números, não há dúvida de que Djokovic é o melhor. Dá a impressão de que ele nunca está feliz com o que já conseguiu, esse é o caráter dele, parece que sempre tem que provar alguma coisa para alguém. Não sei o que ou para quem. Parece que procura sempre vingança, os seus olhos brilham”, afirmou Tsitsipas, destacando a vontade interminável do sérvio

“Lembro-me do jogo contra (Carlos) Alcaraz em Cincinnati. Nunca pensei que Alcaraz fosse perder aquela partida e mesmo assim Djokovic encontrou uma forma de o vencer”, acrescentou o grego, que também observou outras formas de se analisar quem é o maior de todos os tempos.

Em uma disputa sem parâmetros definidos, Tsitsipas observou que não há apenas os números para se levar em consideração. “No entanto, se o critério for quem mais inspirou o mundo e quem teve maior impacto, sem dúvida, é Federer, por larga margem”, falou o atual número 5 do do mundo.

“A delicadeza e a beleza que ele trouxe ao tênis, a magia que mostrou na quadra. Eu não acho que nunca haverá alguém que possa igualá-lo”, acrescentou Tsitsipas, que também não se esqueceu de mencionar o espanhol Rafael Nadal. “Sobre o Rafa, devo dizer que ele é o maior lutador que já vi, não só no tênis, mas em qualquer esporte”, finalizou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE