PLACAR

Tsitsipas e Dimitrov estreiam com vitória em Monte Carlo

Foto: Rolex Monte-Carlo Masters

Monte Carlo (Mônaco) – A rodada desta segunda-feira no Masters 1000 de Monte Carlo teve a participação de alguns cabeças de chave e começou com a vitória de dois favoritos. Bicampeão do evento e 12º principal inscrito nesta edição, o grego Stefanos Tsitsipas nem precisou completar seu jogo de estreia, já que o sérvio Laslo Djere, 34º do ranking, se retirou quando perdia 6/3 e 3/2 após 1h02 de confronto.

Esta foi a 15ª vitória em 18 partidas disputadas por Tsitsipas no Principado de Mônaco. Além dos dois títulos em 2021 e 2022, o grego de 25 anos também fez quartas no ano passado. Seu próximo adversário sairá do duelo entre o chileno Nicolas Jarry e o argentino Tomas Etcheverry, que só se enfrentam na terça-feira.

Quem também iniciou bem sua campanha no saibro monegasco foi o búlgaro Grigor Dimitrov. Finalista em Miami há uma semana, o atual número 9 do mundo enfrentou o convidado local Valentin Vacherot, 138º colocado na ATP, e triunfou pelo placar de 7/5 e 6/2 após 1h29 de partida.

Duas vezes semifinalista em Monte Carlo, em 2018 e 2022, e eliminado na segunda fase na edição passada, o búlgaro ex-top 3 do mundo aguarda pelo sérvio Miomir Kecmanovic ou pelo italiano Matteo Berrettini, campeão do ATP 250 de Marrakech no último domingo e que entrou como convidado da organização. Os dois também só estreiam na terça-feira.

Na mesma parte de baixo da chave do torneio, outros dois jogos já foram encerrados nesta segunda. Enfrentando o lucky-loser alemão Daniel Altmaier, o argentino Francisco Cerúndolo triunfou por 6/2 e 7/6 (7-3) e espera pelo vencedor da partida entre o russo Karen Khachanov, cabeça 15 e o britânico Cameron Norrie, que se enfrentam ainda hoje.

Vindo do quali, o indiano Sumit Nagal conseguiu mais uma vitória no torneio, eliminando de virada o italiano Matteo Arnaldi, parciais de 5/7, 6/2 e 6/4. Primeiro homem indiano a vencer uma partida individual de Masters 1000 no saibro, ele será o adversário do dinamarquês Holger Rune, sétimo principal favorito ao título.

 

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE