PLACAR

“Título de duplas ajuda a manter a chama acesa”, diz Errani

Sara Errani e Leolia Jeanjean (Foto: Carlos Rocha/Mundo Tênis Open)

Florianópolis (SC) – Ex-número 1 de duplas e vencedora de cinco troféus de Grand Slam na modalidade, a italiana Sara Errani conquistou o título no WTA 125 de Florianópolis, jogando ao lado da francesa Leolia Jeanjean. Elas superaram na decisão do último sábado a suíça Conny Perrin e a alemã Julia Lohoff com parciais de 7/5, 3/6 e 10-7.

A conquista foi mais uma na carreira de Errani, que soma 28 títulos de WTA e venceu todos os Majors possíveis no circuito mundial, tendo como parceira a também italiana Roberta Vinci. A veterana de 36 anos também salta do 153º para o 127º lugar do ranking de duplas. “Um título é sempre um título. Estou curtindo o tênis, sei que não tenho muitos anos mais, estou no fim de minha carreira, mas sigo curtindo e tentando me divertir”.

“Foi uma partida um pouco louca, foi duro, tivemos set-point contra no primeiro set, mas ganhamos, no segundo foi um pouco abaixo para nós , mas jogamos um super tie-break muito bom. Estamos muito felizes, primeira vez jogando juntas, é incrível. Essa conquista a ajuda a manter minha chama acesa”, acrescentou a italiana, que já foi top 5 em simples e finalista de Roland Garros em 2012. Atualmente ocupa a 104ª posição.

Para Jeanjean, de 28 anos, foi o maior triunfo nas duplas. “O público aqui é muito bom, eles adoram o tênis e estavam torcendo por nós na final. Agora sim, esta noite poderemos curtir a cidade”, afirmou a francesa. Ela salta do 195º para o 168º lugar do ranking.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE