PLACAR

Thompson tira Zverev em batalha de 3h40 e decide com Ruud

ATP Tour

Los Cabos (México) – Numa maratona de 3h40 recheada de emoções, o australiano Jordan Thompson precisou de nada menos do que sete match-points antes de eliminar o favorito Alexander Zverev e se classificar para a final do ATP 250 de Los Cabos. Seu adversário será o norueguês Casper Ruud, que por sua vez tirou o atual campeão Stefanos Tsitsipas em dois sets exigentes.

Jordan disputará sua terceira final no circuito ainda atrás de seu primeiro troféu após o placar de 7/5, 4/6 e 7/6 (7-2), que fez a partida terminar depois da 1 hora da madrugada local. Ruud conseguiu evitar cinco set-points que poderiam levar a partida mais longe e tirou o cabeça 2 com parciais de 6/4 e 7/6 (7-4).

“Isso é um milagre”, definiu Thompson, que havia feito virada espetacular nas quartas de final, quando perdia de 6/0 e 3/0 e ainda conseguiu reagir em cima de Alex Michelsen, incluindo outros três match-points. “Nunca imaginei que conseguiria chegar nesta final”. O primeiro set viu cinco quebras de serviço e um Zverev instável, mas depois o alemão se ajustou e não cedeu break-points para empatar a partida. O terceiro set só via confirmações de saque até que Jordan abriu 6/5 e aí desperdiçou cinco match-points. Saiu atrás do tiebreak, mas rapidamente tomou a dianteira e precisou de mais duas chances para concluir a partida. Esta foi a segunda vitória seguida do australiano sobre Zverev, repetindo Tóquio de outubro, e sua quarta sobre um top 10.

Ruud ganhou todos os pontos em que acertou o primeiro saque no set inicial, não ofereceu chances de quebra e aproveitou o único momento em que o grego não se mostrou confiante para quebrar, no sétimo game. O grego subiu de produção e, com 5/4, chegou a ter 0-40 para levar ao terceiro set. Também teve 6/5 e 15-40 e aí se perdeu no começo do tiebreak, em que Ruud fez 4-0 e 5-1 antes de dar pequena vacilada e fechar em seguida.

“Foi uma partida muito apertada, especialmente no segundo set”, afirmou Ruud. “Tive sorte em salvar a maioria dos set-points e realmente comecei bem o tiebreak”. Ruud vai atrás do 11º troféu da carreira, mas apenas o segundo sobre quadra dura, tentando repetir San Diego de 2021. No ano passado, seu único triunfo aconteceu no saibro de Estoril.

Será a quinta vez que os dois medirão forças, Thompson venceu a primeira, em 2018 no challenger de Calgary, e a mais recente, em 2021 na grama de Wimbledon. Ruud derrotou o australiano em Roland Garros 2018 e no Australian Open de 2021.

 

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Lude
Paulo Lude
1 mês atrás

Consultei, no site da ATP, a programação deste sábado em Los Cabos. Difícil imaginar que vá se cumprir do jeito que está lá:
Final de simples às 20:00 (horário local) entre Casper Ruud e Jordan Thompson.
Na sequência, o dois voltariam à quadra para se enfrentar na semi de duplas (Casper Ruud / William Blumberg contra Jordan Thompson / Max Purcell).
Na sequência, a dupla vencedora ainda voltaria à quadra para a final de duplas, contra Gonzalo Escobar / Aleksandr Nedovyesov.
Ruim (para o torneio) é que se tanto Ruud quanto Thompson se retirarem das duplas, o que até seria normal, não haverá final de duplas, com o Escobar / Nedovyesov levando o título com WO na final.

Luiz Neto
Luiz Neto
1 mês atrás

Acho que o Alex Michelsen, após esta ganhando do Thompson por 6×0 3×0 e conduzindo a partida para uma boa vitória, amarelou com os gritos e reclamações do australiano que estava muito alterado em quadra.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE