PLACAR

Tchecas vencem na semi e decidem em Nanchang

Marie Bouzkova (Foto: Jiangxi Open)

Nanchang (China) – A final do WTA 250 de Nanchang será toda tcheca, com a cabeça de chave 3 Marie Bouzkova enfrentando a compatriota Katerina Siniakova na disputa do título. Neste sábado, ambas venceram suas semifinais em sets diretos e farão a primeira decisão 100% tcheca em mais de dois anos, desde que Barbora Krejcikova conquistou o título sobre Tereza Martincova em Praga, em julho de 2021.

Será apenas a segunda vez que as duas compatriotas medirão forças pelo circuito. Atual 29 do mundo, Bouzkova levou a pior na única vez que enfrentou Siniakova, que no momento é a 60ª colocada no ranking, perdendo para a conterrânea na primeira rodada de Roland Garros em 2021.

Bouzkova apresentou um desempenho defensivo inabalável para superar Diana Shnaider por 7/6 (7-5) e 6/2, em 1h43 e chegar à quinta final de WTA na carreira. “Fiquei atrás praticamente o tempo todo no primeiro set e ela estava acertando winners de todos os lugares. Então, tentei manter meu jogo e ser sólida, e de alguma forma consegui reverter a situação”, analisou a tcheca.

Na sequência, Siniakova superou Leylah Fernandez com parciais de 7/5 e 6/4, devolvendo a derrota sofrida da final de Hong Kong, na semana passada, e encerrando a sequência de oito vitórias consecutivas da canadense.

“Acho que foi uma batalha muito difícil. Na semana passada (em Hong Kong) foram condições totalmente diferentes, e acho que aqui estava um pouco mais lento, então me convém mais porque ela joga muito rápido e não recua. Por isso, estou muito animada por ter vencido”, comemorou Siniakova, que busca seu segundo título na temporada e o quinto na carreira.

Siniakova foi campeã em Bad Homburg nesta temporada, superando a italiana Lucia Bronzetti na decisão. Do outro lado, Bouzkova busca apenas sua segunda conquista em nível WTA, a primeira no ano. Seu único título veio em 2022, em Praga.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE