PLACAR

Swiatek: “Não sei o que aconteceu com o meu jogo”

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – A polonesa Iga Swiatek ainda está procurando respostas para a virada que levou da letã Jelena Ostapenko na noite do último domingo. Eliminada do US Open nas oitavas de final, ela perderá o número 1 do mundo, mas o que a preocupa mais no momento é tentar entender como sofreu uma queda tão grande de rendimento na partida.

“Ela sempre joga bem contra mim., mas o que estou surpresa é com meu nível, que mudou tão drasticamente. Geralmente quando jogo mal ou vou mal no início e depois meio que sigo assim ou apenas resolvo os problemas. Desta vez foi totalmente o contrário. Realmente não sei o que aconteceu com meu jogo, de repente perdi todo o controle”, analisou a polonesa.

“Tenho que ver o jogo de novo para descobrir por que comecei a cometer tantos erros. Preciso assistir o jogo depois, talvez isso me dê algumas respostas. No geral, isso não acontece com frequência comigo e estou um pouco surpresa. Geralmente eu sei o que fazer e percebo o que estou fazendo de errado. Desta vez, não sei como se meus erros vieram”, acrescentou Swiatek.

Campeã de Roland Garros pela terceira vez neste ano, a polonesa não conseguiu ir tão longe nos dois Grand Slam de quadras duras. “Não estou feliz com meu desempenho. Acho que, no geral, fiz um bom trabalho nesta temporada focando em me manter constante”, comentou Iga, que caiu nas oitavas no US Open e no Australian Open.

Sobre a liderança do ranking que irá perder na próxima segunda-feira, ela destacou a importância que foi passar tanto tempo como número 1 do mundo. “Significou muito e foi ótimo. Por outro lado, esta última parte foi bastante cansativa. Ainda tenho muito a melhorar e todos esses grandes jogadores como Roger (Federer), Novak (Djokovic) e Rafa (Nadal) falam que você só precisa focar nos torneios, não no ranking”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE