PLACAR

Svitolina: “Pedi que respeitassem minha decisão”

Washington (EUA) – Antes de começar a partida entre a ucraniana Elina Svitolina e a bielorrussa Victoria Azarenka e durante os intervalos, o placar exibiu uma mensagem dizendo que não haveria aperto de mão entre as jogadoras. “Agradecemos seu respeito por ambas as atletas durante e após a partida e por sua compreensão durante essas circunstâncias difíceis”

Vencedora do duelo, Svitolina destacou positivamente a atitude e disse que era o correto a se fazer. “Pedi para a WTA que respeitasse a decisão das ucranianas e eles respeitaram”, afirmou a ucraniana, que recebeu um sinal positivo de Azarenka logo que o jogo terminou com as parciais de 7/6 (7-2) e 6/4.

Aniversariante do dia, completando 34 anos, Vika disse que o aviso aos torcedores chegou 18 meses atrasado. “Nós apenas seguimos em frente. Jogamos uma partida de tênis. Como eu disse em Wimbledon, eu aceito e respeito a posição das pessoas. É isso”, disse a bielorrussa.

Para Svitolina a partida foi de altos e baixos. “Tive que tentar focar em cada ponto, tentar encontrar o meu jogo novamente, sempre tentando voltar à partida”, comentou a ucraniana, que marcou parciais de 7/6 (7-2) e 6/4 em 1h46. “Quero dar tudo agora nos anos que me restam. Tenho essa motivação para ir além e apenas dar tudo”, finalizou Svitolina.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE