PLACAR

Stefani volta ao US Open após 2 anos com vitória

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) – O retorno de Luísa Stefani ao US Open foi com resultado positivo. De volta ao palco de sua primeira semifinal de Grand Slam nas duplas femininas, Stefani estreou com vitória ao lado da Jennifer Brady. Elas superaram nesta quinta-feira as russas Anna Kalinskaya e Anastasia Pavlyuchenkova por 6/1 e 6/4 em pouco mais de 1h de jogo.

Curiosamente, Stefani havia atuado recentemente ao lado de Pavlyuchenkova, há duas semanas em Cincinnati. A parceria chegou às quartas no último torneio preparatório para o US Open. Enquanto a brasileira ficou um ano sem jogar, por uma grave lesão no joelho, Brady passou mais de dois anos fora do circuito, já que também operou o joelho, além de ter lidado com um problema crônico no pé.

“Jogamos muito bem. Sabia que precisávamos começar impondo o ritmo e movimentando bastante na rede. A solidez da Brady no fundo me dá confiança e ela saca muito bem. A gente se dá super bem. Então é fácil a comunicação, nos divertimos. É um dia especial estar de volta ao US Open e jogar dessa maneira”, avaliou Stefani após a partida.

Paulista de 26 anos e atual 14ª do ranking entre as especialistas em duplas, Stefani não tem pontos a defender neste US Open. E dessa forma, uma boa campanha em Nova York pode ajudá-la voltar ao grupo das dez melhores do mundo. Na atual temporada, ela conquistou três WTA 500 com parceiras diferentes, Taylor Townsend, Shuai Zhang e Caroline Garcia, e também ganhou as duplas mistas do Australian Open ao lado de Rafael Matos.

Stefani e Brady enfrentam outra dupla russa na segunda rodada em Nova York. Elas vão desafiar Veronika Kudermetova e Liudmila Samsonova, cabeças 13, que passaram pela italiana Jasmine Paolini e a canhota chinesa Xiyu Wang por 7/6 (11-9) e 6/1.

Embora tenham disputado a primeira partida juntas, Stefani e Brady mostraram um boa combinação, graças ao jogo sólido de fundo e a potência no forehand da norte-americana, aliado à já reconhecida habilidade da brasileira junto à rede. Elas dominaram o primeiro set e saíram vencendo por 5/0, escapando dos três break-points que enfrentaram.

Stefani e Brady também conseguiram duas quebras logo cedo na segunda parcial e abriram 3/0. Aliás, elas aproveitaram todos os quatro break-points que tiveram na partida. A dupla russa chegou a diminuir a diferença, mas depois não teve novas oportunidades de quebra, possibilitando que a brasileira e a norte-americana fechassem em sets diretos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE